Cirurgia bariátrica: conquista médica e judicial

argaiv1957

Na última década, o número de cirurgias deste tipo cresceu mais de 500%. Atualmente, o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking dos países que mais realizam este tipo de intervenção, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), a previsão é de que em 2011 sejam realizadas 70 mil cirurgias de redução de estômago no país. 

Mas quem precisa fazer a cirurgia bariátrica enfrenta uma verdadeira maratona para conseguir que o plano de saúde pague pelas despesas. A Lei n. 9.656/1998 compreende a cobertura assistencial médico-ambulatorial e hospitalar para o tratamento da obesidade mórbida, doença listada e classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, nem sempre as seguradoras cobrem o procedimento. É comum o plano alegar que a cirurgia de redução de estômago é puramente estética e, por isso, negar a realização da intervenção. Outros pontos questionados pelos convênios são a carência do plano e a pré-existência da doença. 

Decisões recentes do Superior Tribunal de Justiça (STJ) enfrentam essas questões e, caso a caso, contribuem para firmar uma jurisprudência sobre o tema. Muitas acabam beneficiando quem precisa da cirurgia bariátrica como único recurso para o tratamento da obesidade mórbida. 

No julgamento do Recurso Especial (Resp) 1.175.616, os ministros da Quarta Turma destacaram que a gastroplastia (cirurgia bariátrica), indicada como tratamento para obesidade mórbida, longe de ser um procedimento estético ou mero tratamento emagrecedor, revela-se cirurgia essencial à sobrevida do segurado que sofre de outras enfermidades decorrentes da obesidade em grau severo. Por essa razão, é ilegal a recusa do plano de saúde em cobrir as despesas da intervenção cirúrgica. No caso julgado, a Turma negou provimento ao recurso especial da Unimed Norte do Mato Grosso, que alegava não haver previsão contratual para a cobertura desse tipo de procedimento. 

Segundo o relator, ministro Luis Felipe Salomão, a Resolução Normativa da Agência Nacional de Saúde (ANS), que reconhece a gravidade da obesidade mórbida e indica as hipóteses nas quais a cirurgia bariátrica é obrigatória. Além disso, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) garante que cláusulas contratuais que implicarem limitação de direito do consumidor deverão ser redigidas com destaque, permitindo a imediata compreensão, tanto física quanto semântica, não podendo qualquer uma delas dar margem à dupla interpretação. ``Afinal, um paciente com obesidade mórbida não se submeterá a uma cirurgia de alto risco apenas com finalidade estética``, ressaltou o ministro. 

Carência

Em outro julgamento (MC 14.134), a Unimed Rondônia teve que autorizar todos os procedimentos necessários para a cirurgia de redução de estômago de um paciente com obesidade mórbida, independentemente do período de carência. A Quarta Turma negou pedido da cooperativa médica, que tentava suspender a determinação da Justiça estadual. 

Ainda sobre redução de estômago, os ministros da Terceira Turma determinaram que um plano de saúde arcasse com as despesas da cirurgia em uma paciente que mantinha contrato de seguro anterior ao surgimento dessa técnica de tratamento (Resp 1.106.789). 

A relatora, ministra Nancy Andrighi, destacou que deve ser proporcionado ao consumidor o tratamento mais moderno e adequado, em substituição ao procedimento obsoleto previsto especificamente no contrato. Ela observou que havia uma cláusula contratual genérica que previa a cobertura de cirurgias ``gastroenterológicas``. 

Segundo a ministra, se o contrato previa a cobertura para a doença, qualquer constatação de desequilíbrio financeiro a partir da alteração do tratamento dependeria de uma comparação entre os custos dos dois procedimentos. Para a relatora, sem essa comparação, é apenas hipotética a afirmação de que a nova técnica seria mais onerosa. 

Cirurgia plástica

No julgamento do Resp 1.136.475, a Terceira Turma entendeu que a cirurgia plástica para a retirada do excesso de pele decorrente de cirurgia bariátrica faz parte do tratamento de obesidade mórbida e deve ser integralmente coberto pelo plano de saúde. 

Para o relator do processo, ministro Massami Uyeda, esta cirurgia não pode ser classificada como mero tratamento de rejuvenescimento ou de emagrecimento com finalidade estética, procedimentos expressamente excluídos de cobertura, nos termos do artigo 10 da Lei n. 9.656/98. ``É ilegítima a recusa da cobertura das cirurgias destinadas à remoção de tecido epitelial, quando estas se revelarem necessárias ao pleno restabelecimento do segurado acometido de obesidade mórbida``, ressaltou o ministro. 

Preexistência da doença

No Resp 980.326, a Quarta Turma confirmou decisão que determinou à Unimed o pagamento de cirurgia bariátrica a um segurado de Mossoró (RN). O plano de saúde havia se recusado a cobrir as despesas com a cirurgia de redução de estômago, ao argumento de ser o autor portador de doença pré-existente. 

Quanto à alegação, o relator, ministro Luis Felipe Salomão, asseverou que não se justifica a recusa à cobertura porque a seguradora ``não se precaveu mediante a realização de exames de admissão no plano, sobretudo no caso de obesidade mórbida, a qual poderia ser facilmente detectada``. 

Além disso, o ministro constatou que as declarações do segurado foram submetidas à apreciação de médico credenciado pela Unimed, ocasião em que não foi verificada qualquer incorreção na declaração de saúde do indivíduo. ``Deve a seguradora suportar as despesas decorrentes de gastroplastia indicada como tratamento de obesidade mórbida``, concluiu. 

Dano moral

Para as seguradoras, o prejuízo em recusar o tratamento pode ser ainda maior que o pagamento do custo do procedimento médico em si. Foi o que ocorreu com a Golden Cross Assistência Internacional de Saúde. Depois de negar a cobertura de cirurgia bariátrica a uma segurada, a empresa se viu ré em uma ação de obrigação de fazer cumulada com dano moral. 

Em primeira instância, a sentença determinou a cobertura da cirurgia para tratamento da obesidade mórbida, já que a doença representava risco à saúde da paciente. No entanto, o juiz afastou o dano moral. O Tribunal estadual manteve a decisão. 

No STJ, a Terceira Turma atendeu ao recurso da segurada (Resp 1.054.856). A relatora, ministra Nancy Andrighi, afirmou que a recusa indevida do plano de saúde de cobrir o procedimento pode trazer consequências psicológicas bastante sérias. Daí a ocorrência do dano. No mesmo recurso, a ministra constatou que para casos semelhantes, a indenização foi fixada entre R$ 7 mil e R$ 50 mil. Na hipótese analisada, a Turma entendeu ser razoável o valor de R$ 10 mil pelo dano moral sofrido. 

Atendimento público

A hipótese de realização da cirurgia bariátrica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) também é alvo de judicialização no STJ. Por vezes, a determinação de antecipação de tutela para a realização do procedimento é questionada, mas os ministros tem entendido que analisar a urgência ou não do procedimento implica em reexame de provas e fatos, o que não é permitido pela Súmula 7/STJ (Ag 1.371.505). Solução semelhante teve um recurso do Distrito Federal que questionou a impossibilidade de o paciente esperar na fila de precatórios para que recebesse valor arbitrado judicialmente para custeio de honorários médicos de uma cirurgia de redução de estômago (Ag 1.265.444). 

Em 2008, o município de Lagoa Vermelha (RS) apresentou pedido de suspensão de liminar e de sentença (SLS 957) para que fosse desobrigado de cumprir determinação do Tribunal de Justiça estadual para realização ou custeio de cirurgia bariátrica de uma moradora que sofria de obesidade mórbida. A decisão do TJ se deu em antecipação de tutela. 

O município alegou que a imposição de fornecimento de cirurgia ``não seria de sua responsabilidade`` e traria ameaça de grave lesão à economia. O então presidente do STJ, ministro Cesar Asfor Rocha, não acolheu a pretensão, porque o alegado prejuízo não estava evidente. Para o ministro, o custeio de cirurgia urgente de obesidade mórbida, a uma única pessoa, em razão de suas circunstâncias pessoais de grave comprometimento da saúde, não tem o potencial de causar dano concreto e iminente aos bens jurídicos que podem ser protegidos pelas SLSs. 


Fonte: Coordenadoria de Editoria e Imprensa do STJ

Comentários  

 
# veronica 11-04-2011 20:18
Nao sei como devo proceder qtoo a cirurgia do meu filho GASTROPLASTIA o medico disse q nao podia pedir por video pois ele tinha contrato com o plano de saude. fiquei olhando p ele como é.. entao meu filho como ficou nervoso. fui na seguradora p saber fui informada q nao autoriza por video. como devo fazer por favor gostaria de orientação.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-04-2011 08:58
Bom dia Verôncia!

Para saber exatamente quais seriam seus direitos (e os do seu filho) seria preciso analisar os documentos do caso, principalmente o contrato.

Mas o fato é que esta recusa da seguradora me parece,a princípio, ilegal, pois ela não poderia limitar as opções de tratamento de seu segurado simplesmente por se tratar de um procedimento mais caro. Principalmente quando ele foi recomendado pelo médico.

Contudo, acredito que você somente conseguirá esta autorização judicialmente.

Se precisar de qualquer ajuda, fique à vontade para me contatar por telefone (31) 3297-0855 ou e-mail: bruno@lemosguer ra.com.br

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# sandra samogim 14-04-2011 14:16
Boa tarde
meu convenio tem uma restricao pq eu disse no contrato que ja era obesa mas agora estou tendo outros problemas relacionado a obsidade qual deve ser meu procedimento agradeco desde ja
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 14-04-2011 16:20
Boa tarde Sandra!

Veja bem, obesidade é uma coisa e obesidade mórbida é outra.

Se você era obesa mas agora esta obesidade se tornou mórbida (IMC maior do que 40), o plano não pode alegar preexistência para negar o atendimento.

Da mesma forma, se surgirem complicações que requeiram um atendimento de urgência ou emergência, o plano também não pode se negar a cobri-los, mesmo se relativos a doenças preexistentes.

Acredito que a melhor forma de reverter esta negativa seria procurar um advogado (de preferência um especialista neste assunto) para que, analisando os documentos, ele possa propor a melhor solução.

Se precisar, estamos à sua disposição.

Um abraço,

Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# simone 27-12-2011 17:07
simone
boa tarde
meu querido queria,que vc me informasse q meu caso e um pouco complicado e q preciso, fazer uma revisão de artroplastia,e o meu convenio negou,pq disse q no meu caso ja existente, eu so posso fazer a cirugia depois de 24 meses e eu so tenho a 8 meses,so q eu ñ imaginava muito menos queria q fosse trocasse agora e de emergencia ñ sei o q fazer,Se não conseguir, o melhor caminho seria mesmo o judicial
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# viviane bertão 10-05-2011 20:53
Boa noite....tenho o plano da unimed, e batalho para realizar minha cirurgia bariatrica, qual minha surpresa qdo me ligaram avisando q a unimed naum cobre a cirurgia, so os exames e acompanhamentos ,a cirurgia em si, eu teria q pagar... quem me disse isso foi a secretaria do medico, isso pode acontecer, fiquei com a impressão q o medico estava querendo dinheiro por fora... e minha unimed é de rondonia com cobertura nacional, isso esta dentro da lei, me cobrar a cirurgia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 11-05-2011 08:49
Bom dia Viviane,

Não sei os detalhes do caso, por isso pode ser um pouco difícil te ajudar, mas o plano não pode simplesmente negar a cobertura da cirurgia se o médico a indicou como tratamento necessário.

Para entender melhor o que está acontecendo, seria preciso entrar em contato com seu médico e com a operadora para saber o porquê desta recusa, pois precisaria desta informação para saber exatamente quais providências tomar.

Qualquer dúvida, estou à disposição!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# fernanda 17-05-2011 03:06
entre em contato comigo o mais breve possivel, estou com algumas duvidas, eu tinha convenio da unimed mais ou menos uns 3 anos, e no ano passado em março foi cancelado eu era dependente,mas agora quero fazer outro como eu sendo a titular, pra poder fazer a cirurgia bariatrica tenho imc de 43.
queria saber se judicialmente eu perco acarencia que tinha, pois foi cancelado mas eu ja tinha há uns 3 anos o plano nacional.... ja tava com todos os exames prontos... ia fazer em sp dr. sizenando ernesto lima jr....

me responda por favor..

obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 17-05-2011 12:18
Bom dia Fernanda,

Retornei seu e-mail, como solicitado!

A contratação de um novo plano de saúde passa, necessariamente , pelo cumprimento do período de carência, a não ser que tenha ocorrido algum vício no cancelamento do anterior.

Um abraço,

Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marcelo Felix 23-05-2011 19:12
Prezados, boa noite
Tenho 44 anos - sexo macusculino - IMC 44 - 133kg, hipertenso, diabetico hernia hiatal com esofago Barret, em 2009 iniciei acompanhamento Grupo de Emagrecimento no Hospital da LUZ - Sao PAulo- SP, em fevereiro de 2011 fui considerado apto ao procedimento de gastroplastia por video.
Em 23/05/2011 fui atendido pelo cirurgião que liberou a guia de internação.
Para minha surpresa fui infornado pelo cirurgião que o CONVENIO DIX AMICO só tem vaga em 07/05/2012, ou seja vou ter que aguardar 12 meses.
O cirugião disse que a agenda é fornecida pela DIX Amico.
Meu estado de saude é delicado , porem o convenio disse que não pode fazer nada, pois tenho que aguardar ate 07/05/2012.
Gostaria de saber se existe um prazo legal para este tipo de situação.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-05-2011 21:34
Boa noite Marcelo,

Na verdade não existe um prazo definido em lei (criar este prazo é até um dos muitos projetos em discussão atualmente), o que ocorre é que o entendimento judicial corrente é que nenhum paciente pode ser submetido a esperas demasiadas, não razoáveis, como a do seu caso.

Te aconselho a entrar novamente em contato com sua operadora e pressionar para marcar uma data mais próxima, inclusive ameaçando fazer denúncias na ANS.

Se não conseguir, o melhor caminho seria mesmo o judicial, pois acredito que, no seu caso, o abuso da operadora é flagrante.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# JOANNA KARLA FALCÃO 01-06-2011 11:13
SAUDAÇÕES,BRUNO ! ME CHAMO JOANNA,TENHO 24A,IMC 49,49(PORTADORA DA OB. MÓRBIDA). ADERI AO PLANO DA UNIMED EM DEZEMBRO DE 2010,APÓS SENTIR FORTES DORES NA CABEÇA, FUI AO CARDIOLOGISTA,Q LOGO APOŚ A REALIZAÇÃO DE UM ELETROCARDIOGRA MA E A VERIFICAÇÃO DA MINHA PRESSÃO ARTERIAL,CONSTA TOU Q SOU PORTADORA DE HAS,C/ BAIXA VOLTA NOS MINOCÁRDIOS,POI S A PRESSÃO ESTAVA 18/10. LOGO EM OBSERVAÇÃO DESSE FATO,A MÉDICA ME ORIENTOU A GASTROPLASTIA.PORÉM,SÃO APENAS 6 MESES DE CARÊNCIA NA UNIMED,MAS TENHO FEITO TODOS OS EXAMES P/ CIRURGIA, E COMO NÃO SERIA SURPRESA,TODOS ESTÃO ALTERADOS, ME LEVANDO AO PATAMAR DE MORTALIDADE OCNSTATADA PELA ENDOCRINOLOGIST A.HJ COM TODOS OS LAUDOS RECEBIDOS,DAREI ENTRADA NO PEDIDO DE LIBERAÇÃO NA UNIMED. QUAL SERÁ A CHANCE DA MESMA COMPLICAR ESSA AUTORIZAÇÃO,QUA L MEDIDA TOMAR PARA Q O PROBLEMA SEJA SOLUCIONADO O MAIS BREVE POSSÍVEL? GRATA E ANSIOSA PELA ATENÇÃO!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-06-2011 08:44
Bom dia Joanna, tudo bem?

Acredito que, infelizmente, existem grandes chances de você não ter o procedimento autorizado em virtude da carência.

Se este for o caso, argumente que a urgência do tratamento está ligada a condições que não existiam quando você contratou o plano (HAS e problemas no miocárdio), de forma que não podem exigir o prazo de 2 anos para atendê-la em razão dessas.

Se não conseguir dessa maneira, acredito que a única saída seria mover um processo judicial para buscar essa autorização.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# JOANNA KARLA FALCÃO 02-06-2011 10:32
MUITO OBRIGADO BRUNO,PELA ATENÇÃO! ESTOU DISPOSTA A TUDO P/ CONSEGUIR MINHA CIRURGIA. NÃO TENHO CONDIÇÕES DE PAGAR O PROCEDIMENTO.OUTRO PROBLEMA,O MÉDICO NÃO É DE ACORDO AOS PROCEDIMENTOS AUTORIZADOS JUDICIALMENTE. SEGUNDO O MESMO,ELE NÃO RECEBERIA LOGO O PAGAMENTO DEVIDO. O QUE FAÇO?COMO DEVO FAZER NESTE CASO?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-06-2011 12:58
De nada Joanna!

Sobre o médico, o ideal seria conversar com ele explicando a situação para saber o que pode ser feito.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Cláudia Duarte 21-06-2011 14:36
Bruno me ajuda? eu tenho um plano santa casa saude a 12 mesese e ja tenho todos os exames para a cirurgia mas a menina do atendimento me disse que eu tenho q esperar mais 1 ano pois para fazer a bariatrica teria que esperar 2 anos, acho q no contrato nao tem isso, o que devo fazer
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 21-06-2011 18:21
Cláudia,

Se puder te ajudar será um prazer! Nestes casos, o caminho seria entrar com um processo pedindo autorização judicial para realização da cirurgia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# jane cristina 04-07-2011 00:08
BOA NOITE BRUNO,SOU DE MINAS, EU E MINHA FILHA TEMOS UNIMED ESTADUAL, ELA JÁ FEZ A BARIÁTRICA POR VIDEO E NÃO TIVEMOS NENHUM PROBLEMA COM A OPERADORA FOI UM SUCESSO.BOM AGORA QUERO SABER SOBRE A COBERTURA DA REPARAÇÃO PLÁSTICA VISTO QUE ELA EM 8 MESES JÁ EMAGRECEU 60KG E TEM UM EXCESSO ABSURDO DE TECIDO,SOMOS CIENTES DE QUE O PLANO NÃO COBRE PLÁSTICA POR ESTÉTICA,GOSTAR IA QUE VC ME AUXILIASSE QT A ESSA DÚVIDA SE ESSE MÉTODO CIRURGICO É CONSIDERADO ESTÉTICO OU CONTINUIDADE DO TRATAMENTO. SE POSSÍVEL ME PASSE A LEI QUE ME GARANTE ESSA COBERTURA,É SEMPRE BOM CONHECER O " INIMIGO " ANTES DE PROVOCÁ-LO NÉ? RSRS. DESDE DE JÁ AGRADEÇO E ESPERO RESPOSTA. ABRAÇOS . JANE CRISTINA RAVANHANI
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 04-07-2011 09:07
Bom dia Jane,

A cirurgia plástica, nesses casos, é considerada como parte do tratamento e, por isso, não pode ser negada.

Não existe uma lei que trate especificamente disso, mas sim a Lei dos Planos de Saúde e resoluções da ANS que impedem que neguem autorização para cirurgias plásticas sem finalidade estética.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# michelle felipe do n 07-07-2011 12:18
bom dia meu querido eu tenho 31 anos 1.56 de altura 94.00 kls meu imc acho que e de 38 e meu plano nao cobre que que eu engorde mais ate chegar aos 40 de imc mais existe uma lei que fala que pode operar ja com 35 ouvi falar.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 07-07-2011 18:04
Boa noite Michelle,

Essa questão é um pouco controvertida, mas o que os tribunais têm entendido é que é o médico o responsável pelo cuidado da saúde do paciente.

Então, se o médico recomenda a cirurgia, entendo que o plano não pode negá-la.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Michele 10-07-2011 23:23
Oi Bruno, boa noite, fiz o plano da unimed com cobertura nacional, emprearial ecom zero de carência, estou acima do peso mas ainda não mórbida, liguei para a unimed e me informaram que realmente não existe carência para nada e já fiz vários exames, fui ao cirurgião para bariátrica e ele pediu alguns laudos para ver se posso operar ou não, pois meu ims é de 37, tenho apnéia do sono e desvio na coluna, sendo indicado pelo ortopedista a perda de peso, diante do fato de não haver carência para nada, ainda sim eles podem não liberar a cirurgia? desde jáa agradeço.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 11-07-2011 07:37
Boa noite Michele,
Se a cirurgia é indicada pelo médico que te acompanha, o plano não poderia negá-la.

Caso negue, o caminho seria uma ação judicial para conseguir a autorização para realizar o procedimento.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Karina 11-07-2011 12:40
Bruno, tenho plano Bradesco e minha medica identificou que meu IMC esta 44,14. O meu plano não tem carencia e cobre qualquer cirurgia. Gostaria de saber se corre o risco do plano negar a cirurgia, pois segundo a médica meu caso já é de obesidade mórbida e acima de 40 eu tenho preferencia para afzer.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-07-2011 08:55
Bom dia Karina,

Não deveriam negar, mas pode ser que te questionem sobre a realização de 2 anos de tratamento terapêutico sem sucesso antes de autorizar.

O único jeito de saber é pedindo a autorização!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Elenildes Ribeiro 19-07-2011 09:35
Bom dia Bruno.
Tinha o plano de saude Medial desde 05/4/10 e mudamos para Sulamerica 21/12/10 e foi coberta a carencia, qdo fo corretor preencheu minha ficha colocaou que eu tinha 85kilos e na verdade tinha 95kilos,hoje estou com 100kilo e 1,56 meu IMC é de 41,00fui indicada para fazer a cirurgia bariatrica e a sulamerica não autorizou alegando divergencia nas inforamçoes de peso e doença pre existente,estou com
varias complicação devido a obesidade. Por favor me ajude oque devo fazer?Estou dezesperada ontem 18/7/11 fui em um médico particular ele tirou as minhas medicas 1,55 de altura,100kilos a pressão 16,9,me passou uma formula que custa R$235,00.Devo continuar lutando para consegui a cirurgia ou tomo o remedio indicado pelo médico, por que não consigo dormi so choro e presciso emagrecer minhas pernas doe muito e não consigo andar com falta de ar. Mais uma vez peço a sua urgente.
Um abraço

Elenildes Ribeiro.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 20-07-2011 08:57
Bom dia Elenildes,

É triste ouvir relatos como este, pois os planos de saúde deveriam servir para auxiliar as pessoas nestas horas de necessidade...

Acredito que você deve continuar lutando sim. Se não conseguir essa autorização pelas vias normais, busque seus direitos judicialmente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# silvia 20-07-2011 17:03
no inicio deste ano precisava fazer um plano de saude para poder fazer a cirurgia o medico que faz a cirurgia me indicou uma pessoa que sabia quem fazia plano e que ja entrava com carencia reduzida. ok ai liguei e marquei com ele para vir ate a mim para poder fazer o plano. chegando aqui meu esposo eu e ele conversando ele falou que para me colocar no plano de saude qualicorp com carencia de 4 meses eu teria que pagar 1000,00 reais a ele e depois o valor do plano seria normal.ok por motivos de saude fiz um esforço para poder pagar esse valor a ele e agora a unimed nao esta querendo autorizar alegando estetica sendo que estou com 124 kg
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-07-2011 16:58
Silvia,

Se existe orientação médica para realização da cirurgia, o plano não pode negar alegando ser puramente estética.

Insista com a Unimed a liberação, apresentando laudo médica afirmando que a cirurgia possui função terapêutica e se continuarem negando, busque seus direitos judicialmente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marcelo 20-07-2011 20:17
Meu convenio é intermedica e estou com obesidade morbida depois de muito tempo tentando diminuir o peso o medico disse que preciso perder peso p fazer a cirurgia mais nao acho correto penso eu que estao apenas me enrolando tenho 39.6 de imc e hernia de disco e problemas com articulaçoes nos 2 joelhos oque fazer agora ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-07-2011 17:01
Marcelo,
É preciso respeitar a orientação médica, pois ele é o profissional capacitado para decidir o melhor tratamento.

Se não confia no parecer deste médico, busque um outro de sua confiança, mas siga o tratamento que ele prescrever. Da mesma forma que os planos de saúde não podem desconsiderar as decisões do médico, o paciente também deve segui-las.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ana carolina 22-07-2011 14:45
Boa tarde!

Sou de Ipatinga -Mg, tenho um plano unimed estadual e preciso fazer a cirurgia bariatrica pois esto com IMC de 50. Mas a minha carencia para doenças preexistente é de dois anos. Eu só posso tentar operar depois desses dois anos ou posso tentar a qualquer momento ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-07-2011 17:04
Ana Carolina,

Se o seu caso é de obesidade mórbida e representa risco à sua saúde, fica caracterizado o estado de emergência, no qual o prazo de carência é afastado.

Isso só não aconteceria, talvez, se você já corresse esse risco quando assinou o plano e exista esta restrição/ anotação na sua ficha cadastral.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# marcia narcizo 23-07-2011 16:32
tenho um ano de unimed fiz todos os exames com tudo pronto solicutei a cirurgia junto a unimed e fui NEGADO ja entrei na justiça e a juisa nao me deu gonho de causa mesmo medica tendo dado laudo dissendo que corro rirco de morte como devo fazer
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-07-2011 17:05
Marcia,

É difícil responder sem ter conhecimento do caso/processo, mas o fato é que a decisão judicial deve ser seguida.

Se ainda está no prazo para recurso, recomendo que recorra, mas certamente seu advogado está tomando as providências para tentar reverter esta decisão.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marcelo 25-07-2011 14:34
´Nao é facil to tentando a 2 anos indo nas reunioes que o medico pede tomando os remedios e nao perco peso agora a medica me falou que tenho que perder ao menos 4 kls ate setembro p que ela me indique p cirurgia meu nao consigo vou fazer oque agora parace que engordo porque eu quero tenho hernia de dico tenho lesoes nos 2 joelhos ate parece que gosto de sofrer juro nao sei mais oque faço continuo fazendo oque me peden mais acho que estao me enrrolando meu convenio ja tem 11 anos e ainda vao me errolar é dureza .
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Jane 27-07-2011 23:26
OLÁ BRUNO,MEU PLANO É O SULAMERICA INDIVIDUAL, FIZ O CONTRATO EM NOVEMBRO DE 2010 COM CARENCIA REDUZIDA DE 6 MESES, PORÉM NA DECLARAÇÃO DE SAUDE NÃO CONSTA MEU PESO E ALTURA E NENHUMA OUTRA DOENÇA RELACIONADA A OBESIDADE, MEU IMC É 40 E JA ESTOU FAZENDO EXAMES PRE OPORATORIOS, VC ACHA QUE POSSO TER ALGUM PROBLEMA E SE FOR NEGADO POSSO USAR AS COMORBIDADES QUE DESCOBRIR TER SO AGORA PRA DEIXAR DE PREEXISTENTE.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 01-08-2011 00:41
Jane,

Acredito que não deve ter problemas, mas se tiver, os nossos tribunais vem entendendo que a existência de risco de vida para o paciente caracteriza a emergência do quadro, afastando a carência.

Sobre a pré-existência, seria necessário verificar o caso de perto para poder dar um parecer adequado.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Brenda Rodrigues 28-07-2011 16:12
Olá Bruno, estou lendo os relatos das pessoas aqui e me indentifico com algumas delas. O meu caso é o seguinte, procurei uma corretora para fazer um plano bom e que eu pudesse fazer o cirurgia bariatrica o mais rapido possível, a corretora me indicou a sul américa pela Qualicorp, pois a carência era de 4 meses. Pois bem, quando estava fazendo o contrato a corretora disse para mudar meu peso e altura, ludibriada a por ela deixei-a colocar as informações erradas, hoje eu sei que isso pode me prejudicar, pois provavelmente o plano de saúde irá negar minha cirurgia por erro no contrato. Posso entrar com uma ação contra a corretora que produziu meu contrato errado? E outra pergunta, eu posso fazer contrato pela qualicorp sendo que eu não faço parte de nenhuma categoria profissional?

Por favor, me ajude.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 01-08-2011 00:45
Brenda,

Realmente o fato de ter colocado informações erradas quando do preenchimento do contrato pode trazer prejuízo sim, pois é esperado (e exigido por lei) que tanto o consumidor quanto os planos de saúde hajam com boa fé e lealdade na contratação.

Mas se você conseguir provar que a corretora foi a resposável por colocar os dados errados, o plano de saúde não poderia se negar a realizar o procedimento, pois o corretor é um 'preposto' deles.

Sobre a forma de ingresso no plano da Qualicorp, isso teria que ser verificado no contrato.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Etelvina 21-09-2011 15:17
Brenda me identifiquei com o seu problema, pois foi exatamente isso que me aconteceu, moro em Brasilia, e gostaria de seu email para conversamos, inclusive ja fiz todos os exames e pedi autorização para o plano ontem, e estou muito anciosa, o meu email é , tb fiz pela qualicorp o plano sul america e o corretor colocou meu peso menor.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# SANDRA LIMA 13-06-2012 16:10
Brenda,

Conseguiu resolver seu problema? Estou com o mesmo e estou muito preocupada. Poderia me ajudar? No meu caso acho que o corretor se enganou mesmo, pois em todo momento falei que tinha 100kg e ele colocou 65.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Érika 29-06-2012 12:56
Vc já pediu autorização para a cirurgia?
Tb tenho a sul américa desde 08/2011. Só falta o laudo do dentista e do nutricionista pra dar entrada no pedido de autorização.
Aguardo seu contato.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Giseli Martins 28-07-2011 18:43
Boa Noite Bruno, eu tenho BB Seguro Saúde que é da Sulamerica, tenho 1 ano e 2 meses no plano, quando assinei o contrato meu peso era bem menor, e no entanto agora estou com IMC 42 e várias doenças por causa desse IMC alto, como todos já me informaram inclusive o médico o plano irá negar alegando pré-existência da doença, minha dúvida é tenho chance de ganhar essa briga judicialmente, já que não houve perícia no período de contratação.

Muito obrigada pela ajuda.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 01-08-2011 00:48
Giseli,

Tudo depende de como a contratação efetivamente ocorreu e de qual era o seu estado de saúde real e o informado na contratação.

Se seu IMC não representava um risco direto e imediato para sua saúde naquela época, mas agora representa, não podem alegar que a doença é preexistente.

Caso realmente aconteça esta negativa, te aconselho a procurar um advogado especializado nesta matéria para, estudando seu caso à fundo, por definir o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# maria ap gomes dias 01-08-2011 15:14
meu medico só faz bariatrica por vidio,por saber que e bem melhor para o paciente,menos invasiva,volta rapida as atividades,meno s riscos de infecções,menos dor e sofrimentos ao pacientes,mas meu plano unimed só liberou.,minha cirurgia aberta,porque tenho que me submeter a um prossesso tão dolorozo,se existe um metodo bem menos agresivo?onde fica o direito do paciente em ser tratado com dignidade,o que devo fazer,tenho uma hernea gigante ,resultante de uma hesterectomia que fiz a um ano ,e devido a obsidade a cirurgia não feixou,ficando 3 meses aberta foi um trauma horrivel não quero passar por isso novamente,por isso tenho que fazer minha bariatrica por vidio,tenho 56 anos,não é por vaidade e sim por nessesidade,me responda por email,muito grata,maria
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:49
Boa noite Maria,

Realmente entendo que você não tem que se submeter a este procedimento, mas que deveria o plano ter liberado a cirurgia por vídeo.

Inclusiva a ANS incluiu esta operação no rol das coberturas obrigatórias, sendo que esta inclusão passa a ter efeito a partir de janeiro de 2012.

No seu caso, acredito que o melhor caminho seria buscar, em juízo, a autorização para realização deste procedimento.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Kelly Santos 02-08-2011 01:23
Boa noite Bruno o meu plano de saude (bradesco saude)negou minha cirurgia meu imc 34,77 tenho a pressão bem alta e tenho muita dor na costa.
Eles negaram alegando q meu imc e baixo porem c eu engordar um kilo ja vou esta com meu imc acima de 35.
O q devo fazer??
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:16
Kelly,

O que importa é a orientação do médico. Se ele te indicou a cirurgia, o plano não deve negá-la por razões médicas. Até porque exigir que alguém piore sua saúde para ser atendido é um completo contra-senso!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marjorie 02-08-2011 08:46
Bom dia! O meu pai tem mal de parkinson há 06 anos aproximadamente , e é Conveniado à Unimed desde 1992. O Convênio é regional, e não cobre procedimentos cirúrgicos de doenças relacionadas no CID-10. Há possibilidade legal para que cubram cirurgia para esta doença em outra localidade, estando ainda, no rol de doenças do CID-10? Observo que na região não existe técnica para tal procedimento.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:20
Boa noite Marjorie,

A cobertura das doenças relacionadas no CID-10 é obrigatória, conforme legislação atual.

em razão disso, não poderia o plano negar-se a realizar o tratamento. E como não dispõe de condições técnicas/estruturais para realização deste em sua rede de abrangência, deve arcar com os custos de sua realização fora de sua localidade.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rita 02-08-2011 19:59
Olá Bruno

Tenho imc 38.9, nao fiz 2 anos de tratameto com endocrino porém tenho apnéia em grau severo, dislipidemia (tomo remédio), hipertensão (tomo remédio) e uma haste no fêmur que me impossibilita de fazer atv fisica diante das dores. Meu plano negou a cirurgia bariatrica pq exige os 2 anos de acompanhamento com endocrino. O que posso fazer nesse caso?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:22
Boa noite Rita,

Na verdade esses 2 anos não devem ser interpretados como uma exigência, mas sim como uma recomendação. Nos casos em que o médico indica a cirurgia mesmo sem ter o paciente passado por esse tratamento clínico, o plano não pode negar o atendimento.

Acredito que o melhor caminho seria procurar uma solução judicial para seu problema.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Michelle 04-08-2011 01:47
Oi Bruno,
Gostaria que me tirasse algumas dúvidas sobre como proceder com meu plano de saúde Unimed São Luís. Tenho o plano há 6 meses, ele é empresarial e não tem carência. Meu IMC atual é 39,9 (peso 120.8 e 1,74m) mas quando fiz o plano tinha 95 kg e IMC 31,7. Todos os anos eu faço check-up médico e nunca tive nenhum problema de saúde (guardei todos os exames e vou no mesmo endocrinologist a há 5 anos). Tomei uns remédios por conta própria ano passado para emagrecer e qdo parei engordei quase 30 kg nesses últimos meses e depois disso descobri que tenho apneia, gordura no fígado, diabetes tipo 2, hipertensão, dores nas articulações, etc. Eu mesma preenchi minha declaração de saúde, a Unimed não me questionou, por causa do tempo e do que declarei, posso ter meu pedido negado??? já estou com todas as indicãções médicas para a cirurgia. Caso precise, posso procurar a defensoria pública para me defender??? estou desesperada... não aguento mais tomar tantos remédios. Obg pela atenção
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:24
Olá Michelle,

O plano não deveria negar a autorização para a cirurgia, mas se o fizer não se amedronte, busque seus direitos judicialmente.

A defensoria pública pode te defender sim, mas o meu conselho seria procurar um advogado especializado para te representar tendo em vista a especificidade da matéria.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# simone 04-08-2011 23:04
boa noite.

há 3 meses fiz o contrato do meu plano de saúde. no dia que fiz, conversando com a vendedora do plano, falando que eu queria fazer uma cirurgia bariátrica, ela me disse que a carencia era de 180 dias, nao me explicou sobre a doença pré-existente, tendo que aguardar 24 meses. Com isso, ela também mentiu no preenchimento da minha ficha quanto ao meu peso. Estou no aguardo dos 180 dias para primeira consulta com o cirurgião, e só agora descubro sobre essa espera de 24 meses. Como posso proceder para o plano liberar a minha cirurgia e nao alega-la como pre-existente?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# gerson ramos 08-08-2011 11:04
So operado a 6 anos , fiz cirugia do estomago , fiz plastica unimed nao cunpriu exceço de pele na barriga fiz particular, agora entrei para fazer do peito junto braço , ela negou conforme estou pesquisando unimed é obrigado cumpri pois nao é estetica sim reparadora de uma cirugia que ela aprovou , mais queria saber qual procendimento agora , faço particular depois entro com processo
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:30
Gerson,

Você está certo. Sendo uma cirurgia reparadora, ela não poderia ser negada pelo plano, mas a forma de fazer isso é uma escolha sua.

Pessoalmente, eu aconselharia a entrar com o processo primeiro, pedindo, em antecipação de tutela, para que seja autorizada a realização do procedimento.

Neste mesmo processo você poderia requerer o reembolso dos valores gastos com a primeira cirurgia, se ela não foi realizada a mais de 5 anos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# rosi 10-08-2011 15:40
boa tarde .eu gostaria de tirar uma duvida pois eu tenho um plano de saude da unimed.eu tenho 1.60 de altura peso 120 kg .eu fiz todo procedimento que a unimed exige passei com o cirurgiao,endoc rinologista,nut ricionista e psicologo.apos ter pego os guias dos medicos eu entrei com o pedido de autorizaçao da cirurgia.mas foi negado eles alegam que quando eu fis meu plano eu nao tinha obesidade morbida .mas eu já tinha obesidade .mas a mulher que fez meu plano ela colocou errado .o que devo fazer? espero que possam me ajudar obrigado.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-08-2011 18:33
Boa noite Rosi,

A prova da doença pré-existente é da operadora, e não do cliente. Então, se não existem exames comprovando a irregularidade alegada, ela não pode ser usada para negar a realização da cirurgia.

Da mesma forma, se o erro no preenchimento dos dados se deu por culpa do corretor de seguros, que é preposto da operadora, esse fato não pode ser utilizado contra o consumidor.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Danilo Ramon Sanches 19-08-2011 13:39
Boa tarde, sou de Santa Barbara D Oeste, tenho 23 anos e estou na obesidade morbita e gostaria de saber se é correto o convenio médico cobrar o valor do material usado para cirurgia de redução como por exemplo, anéis, grampos e etc..
Pois no meu covenio o médico dize q teria de pagar pelos os anéis q seriam colocados na hora da cirurgia.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 19-08-2011 17:38
Boa tarde Danilo,

Não é correto. O plano, ao assumir a responsabilidad e pelo tratamento da enfermidade, deve arcar com os custos necessários para tanto.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# WESLEY 21-08-2011 12:41
Bom dia...preciso muito de sua ajuda...tenho plano da UNIMED a mais de 2 anos...estou com 136 quilos, 41 nos, IMC 44,5...Etou com alguns problemas de saúde, e algumas dificuldades profissionais, preciso fazer a cirrurgia bariátrica tenho diretio da cobertura pelo plano se fizer a fechada.......Espero ancioso sua resposta
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 22-08-2011 19:22
Wesley,

Realmente você parece cumprir os requisitos para realizar a cirurgia com cobertura pelo plano de saúde. A discussão seria qual a forma desta cirurgia: se pelo método tradicional ou por vídeo.

Alguns planos negam a realização por vídeo, apesar de ela ser mais benéfica ao cliente, mas a ANS, reconhecendo esse avanço, lançou norma que determina a cobertura obrigatória também desta técnica a partir de janeiro.

Na minha opinião, você deveria insistir na realização por vídeo, a não ser que a prescrição de seu médico seja outra.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# gisele 22-08-2011 16:10
sou do interior de sp e tenho o plano unimed a 11 meses,fui informada na unimed da minha cidade que a carencia para cirurgia bariatrica era de 15 meses agora...espero que seja verdade
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 22-08-2011 19:23
Gisele,

Você deve verificar no seu contrato e com seu plano de saúde para saber a carência. Por lei, ela é de 24 meses, mas pode ser reduzida.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Carolina Loureiro 27-08-2011 17:38
ola,eu fui ao medico e ele me pediu todos os exames para fazer a cirurgia bariatrica,esta va tudo indo muito bem,ate que a Unimed Vale do Cai ,diz que nao cobre este tipo de tratamento,enta o lhe pergunto como ja passei a fase da carencia?afinal carencia de que? como devo proceder?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 29-08-2011 09:00
Carolina,

Se o seu médico indicou a cirurgia como tratamento adequado e você já superou a carência, o plano de saúde não deveria negar a autorização para a cirurgia.

Te aconselho a procurar seus direitos judicialmente, de preferência através de um advogado de sua confiança e que tenha conhecimentos nesta área.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Viviane 28-08-2011 02:24
Oieee... Bom dia!!! Fiz o plano de saúde unimed rio por adesão (unimed estudantil) no dia 01/06/11. Tenho carencia zero... Vim de outro plano (golden ea unimed comprou a carencia)Procur ei um médico para fazer a cirurgia bariatrica...
Liguei para unimed hoje e procurei me informar sobre a carencia... A atendende me disse, que não há nada no meu contrato, nenhum impedimento q me negue a cirurgia, que isso se estende a cirurgia bariatrica. Que após passar por todo o procedimento, psiocologa, nutricionista, cardiologista... E etc, eu irei passar por uma pericia... Esó sera negada se na pericia for constatada que não existe necessidade de operação. Meu IMC é de 42. Queria saber se tendo carencia zero e todos os laudos medicos, a unimed poderá me negar a cirurgia. Obrigada!!!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 29-08-2011 09:02
Viviane,

Se a prescrição médica é no sentido da realização da cirurgia, acredito que você não deve ter problemas com esta autorização. E se tiver, o ideal seria consultar um advogado especialista no assunto para garantir que você não esteja sendo lesada.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Lenister Azevedo 30-08-2011 20:29
Bom dia...Queria uma informação...fiz o plano de saúde da Unimed Rio pela Qualicorp-Fecomércio- desde 11/2010..tenho o IMC de 39 e ja tenho os laudos do endocrinologist a- psicologia- nutricionista- clinico geral (pois foi minha medica q me indicou a cirurgia)e um laudo do meu ortopedista pois tenho problemas nos joelhos em decorrência do meu peso que é de 96 kilos, não consigo subir escadas, dobrar e nem me abaixar.minha altura é de 1.55, recebi meu contrato por email pois minha adesão foi feita toda por telefone e vi que minha altura estava errada, lá consta 1.68... tenho medo que não aprovem meu pedido para cirurgia....soube que se negarem vai ter uma pericia e se negarem lá também? como devo proceder? pois meu plano tem menos de 2 anos.....obs:quando ligo pro 0800 da Unimed rio e pergunto a eles se ja acabou minha carência pra cirurgia, eles me informam que acabou desde Maio...mais tenho medo de me barrarem...por favor me AJUDA...BJS OBRIGADA.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-08-2011 12:19
Bom dia Lenister,

Eles devem sempre seguir a orientação do médico responsável pelo tratamento. Se negarem a autorização mesmo tendo o médico a recomendado, te aconselho a buscar seus direitos judicialmente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Lenister Azevedo 30-08-2011 20:56
Boa noite Bruno...estou precisando muito de que me tire umas duvidas...aderi ao plano da Unimed Rio Qualicorp Fercomercio- em 11/2010 fiz todas as consultas e exames, tenho todos os laudos, ñ tenho comorbidade, tipo pessão alta, diabetes ou colesterol....descobri com um ortopedista que estou com um problema nos joelhos por causa do meu peso, com isso canso muito minhas pernas se andar, me abaixar é terrivel e subir escadas, então só tenho isso e estou preocupada em me negarem a cirugia por causa do meu tempo de plano...como devo fazer ou agir...eu as vezes ligo pra Unimed Rio e pergunto se minha carência pra cirurgia acabou, ai eles me dizem que acabou desde Maio, ai pergunto se poderia fazer ate bariatrica e eles dizem que sim! só que aqui na minha cidade pessoas com o mesmo plano e quase o mesmo tempo de plano e a Unimed Rio dizendo que não tinha mais carência, negaram e depois foi para pericia e também negaram..ai entraram com uma ação! como faço no meu caso???? obrigada bjs
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Elaine 06-09-2011 21:30
Olá Bruno, . O meu caso é o seguinte, a 4 meses atras, pedi para minha sogra fazer um plano bom e que eu pudesse fazer a cirurgia bariatrica o mais rapido possível, a corretora fez Bradesco empresa pois não tem carencia. Pois bem, no contrato, a corretora mudou meu peso e altura.
Sem saber disso fiz os exames e dei entrada na cirurgia bariatrica e de vesicula com o relatorio medico dizendo que tinha obesidade grau 3 a 5 anos. O plano negou pela pre existencia da doença. Posso entrar c liminar c essas informaçoes diferentes e mesmo sem trabalhar na empresa q foi feito o plano?

Por favor, me ajude.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Elaine 06-09-2011 21:32
Olá Bruno, . O meu caso é o seguinte, a 4 meses pedi para minha sogra fazer um plano bom e que eu pudesse fazer a cirurgia bariatrica o mais rapido possível, a corretora fez Bradesco empresa pois não tem carencia. Pois bem, no contrato, a corretora mudou meu peso e altura.
Sem saber disso fiz os exames e dei entrada na cirurgia bariatrica e de vesicula com o relatorio medico dizendo que tinha obesidade grau 3 a 5 anos. O plano negou pela pre existencia da doença. Posso entrar c liminar c essas informaçoes diferentes e mesmo sem trabalhar na empresa q foi feito o plano?

Por favor, me ajude.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-09-2011 19:00
Elaine,

É difícil te responder estes casos de pré-existência sem analisar os documentos do caso.

Por isso acredito que o melhor caminho seria procurar um advogado de sua confiaça para que ele pudesse te auxilar.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# priscila 17-09-2012 09:53
boa tarde!tenho um ano e meu de plano de saude (unimed rio )qualicorp fiz todos os procedimentos para fazer a reducao de estomago mais a unimed nao autorizou !! entrei na justica e consegui a liminar mais nenhum medico quer operar com liminar ,alegando que a unimed nào paga a eles !!oque faco?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# kelly santos 12-09-2011 11:14
bom dia, Bruno sou aqui de Curitiba como ja havia falado sobre a negativa foi feito um no pedido da cirurgia no dia 19/08/2011 e ate agora eles estao enrolando estao pedindo exames que comprove a comorbidade, ja foi enviado para o a curva da pressao entre os relatorios medicos.. Eu nao sei mais o que fazer vc pode me indicar algum advogado ?? desde ja agradeço
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Cecília 13-09-2011 13:50
Bruno<
Meu plano é AMIL, meu IMC é 47,7 e estou aguardando a carencia de 2 anos para fazer a cirurgia. Hoje fui no plano de saude e vou ter que fazer um curso de 4 meses obrigatorio... O detalhe é que o plano so agenda esse curso depois da carencia, dpois dos 2 anos. resumindo eu so posso fazer a cirurgia com dois anos e 4 meses! e ai?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 13-09-2011 20:07
Cecília,

A carência, a princípio, seria paenas para a realização da cirurgia, e não de outros procedimentos, como é o caso deste curso.

Por isso, acho que deve precionar sua operadora a liberar a realização do curso antes do prazo de 2 anos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruna 16-09-2011 22:20
Bruno, boa tarde.
Tenho plano de saude da sul america, estou com IMC acima de 40, porem não apresento nenhuma comorbidade. Tenho comprovados mais de 2 anos de tratamento clinico sem sucesso(endocri no), fiz todos os exames e acompanhamentos com psicologa, nutricionista, gastro, endocrino, cardio e etc... possuo todos os laudos com indicaçao cirurgia e mesmo assim a sul america negou meu pedido alegando que não possuo obesidade morbida a mais de 2 anos, segundo eles não estou com obesidade morbida estabelecida.
Gostaria de saber se a negativa deles esta de acordo, ou seja, eu realmente deveria possuir mais de 2 anos de obesidade morbida? Ou o fato de possuir IMC acima de 40 ja garante meu direito de operar?
Agradeço a atenção e aguardarei anciosamente uma resposta.
Grata
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruna 16-09-2011 22:29
Bruno,

Possuo plano de saude sul america e IMC acima de 40 sem comorbidades.
Tenho todos os exames e laudos solicitados para realização da cirurgia (endocrino, gastro, psicologa, pneumologista, cardiologista, etc..), inclusive possuo laudo do endocrino que fiz tratameno clinico mais de 2 anos sem sucesso.
A sul america negou meu pedido dizendo que não atendo os criterios da ANS pois não possuo obesidade morbida estabelecida a pelo menos 2 anos.
Gostaria de saber se a negativa deles é valida, ou seja, se eu necessitaria ter obesidade morbida a mais de 2 anos?
Sou obesa desde a infancia, mas cheguei a morbidade a menos de 1 ano.
Estar com IMC acima de 40 ja garante meu direito de operar?
Aguardo uma resposta
Grata
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 27-09-2011 18:42
Bruna,

Não me parece válida, pois é o médico o responsável por definir o tratamento e como sua recomendação era cirurgica, o plano não poderia negá-la.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Heloisa Dias 26-09-2011 15:15
Boa tarde Bruno;

Meu nome é Heloisa, tenho 29 anos (1,51 de altura)em abril de deste ano (2011)eu aderi ao plano de sáude UNMED BH Unipart Flex, em janeiro comecei um tratamento com endocrinologist a (pesava 93kg) (particular) que me receitou dieta acompanhada de remedio (Sibutramina, deu ate certo consigui emagrecer passei para 84kg (periodo em que eu fiz o plano de saude) porem quando supendi o remedio voltei a engordar, hoje ja estou com 95kg um médico sugeriu a Bariatrica por video, qual a chance de conseguir operar?
O prazo de 6 meses de carencia ja passou, a Unimed pode recusar me operar?
Juridicamente, se não houver comormidades ha possibilidade de autorizar?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 27-09-2011 18:43
Boa noite Heloisa,

O risco existe, principalmente em se tratando de cirurgia por vídeo. Mas isso não quer dizer que deva desistir frente a uma negativa, pois existindo a recomendação médica de realização da cirurgia, o plano não poderia, a princípio, negá-la.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Laiane Silva 26-09-2011 22:59
Boa noite Bruno!
É o seguinte aderi ao plano Amil em março deste ano. Na época estava fazendo atividade física e estava com 70 kg. Na declaração de saúde atestei esse peso e não houve perícia por parte do plano de saúde. Nesses 6 meses por problemas emocionais e pessoais, engordei mais de 30 kg e estou com indicação de cirurgia bariátrica, fui até o médico e ele me solicitou todos os exames pré-operatórios os quais estou fazendo. Na sua opinião você acha que é possível eles negarem minha cirurgia? Quais são as chances de eu consegui-la judicialmente, já que mesmo que eles alegassem preexistência não teriam como provar, pois não fizeram perícia na adesao.

Desde já obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 27-09-2011 18:45
Laiane,

É difícil prever as chances de uma negativa, pois cada operadora atua de uma forma.

O fato é que, se realmente negarem, você deve insistir sempre na busca de seus direitos!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Mariska 28-09-2011 23:13
Boa noite Bruno...
Fiz um plano de saude pela unimed e não completou 1 ano ainda, quando declarei o meu peso e altura, declarei o correto, ou seja estou enquadrada nos casos de cirurgia bariatrica, ja fui a um medico q me recomendou esse procedimento. A exatos 4 anos atras tive o mesmo plano de saude por 4 anos enquanto era estudante de odontologia da usp, voce acha que esse tempo de plano de saude pode ser contato a meu favor para diminuir a carencia? existe alguma taxa que se paga pra diminuir essa carencia? como devo proceder? obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 29-09-2011 09:02
Mariska,

O período anterior não pode ser aproveitado se houve cancelamento do plano antigo.

O período de carência deve ser cumprido, a não ser que exista alguma situação que caracterize urgência ou emergência, em razão de comorbidades, por exemplo. Mas é importante dizer que, para que fique caracterizada a doença pré-existente, não basta que a pessoa estivesse a cima do peso na época da contratação, mas é preciso que sua obesidade fosse considerada mórbida.

Existem alguns planos que permitem que você "compre" a carência, ou seja, pague um valor maior para diminuir este prazo, mas normalmente os valores exigidos são bem elevados.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Saulo 02-10-2011 20:30
Olá Bruno...estou nessa luta tbem, eu gostaria de tirar umas duvidas. Meu medico disse que meu convenio ( sao bernardo saude ) nao autoriza a cirurgia por video, somente aberta. Existe alguma coisa que posso fazer para realizar minha cirurgia por video ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 04-10-2011 16:18
Saulo,

Existem várias decisões judiciais entendo que a exclusão de uma técnica médica mais moderna e menos invasiva é ilegal e abusiva, motivo pelo qual, judicialmente este tipo de cirurgia tem sido muitas vezes autorizado.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Jaqueline 03-10-2011 14:49
Boa Tarde Bruno. Eu tinha um convênio médico da Dix Amico, e a 1 mês migrei para Sul America (dessa forma eu não teria carência), na hora de migrar a corretora disse que teria que diminuir meu peso, caso contrário (apesar de eu não ser obesa morbida - tenho 1,72 e estou com 92kg IMC 30) eles iriam me colocar uma carência de 02 anos para obesidade. No ultimo mês eu engordei quase 6kg! e estou tendo problemas por causa do peso, uma médica que fui cogitou cirurgia, a sul america não aprova! o que devo fazer?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 04-10-2011 16:20
Jaqueline,

deve insistir nesta aprovação, se não for possível administrativam ente, busque-a na justiça.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# juliana 06-10-2011 00:17
oi sou dependente do meu esposa no plano da Lam estou com imc 50 e fui no medico gastro pra ver se ele mandava o pedido de redução de estomago pra auiditoria,ele falou que não pederia o tempo dele mandando por que o plano de saúde Lam ia negar por que meu esposo era um simples segurança se ele fosse um gerente seria diferenti,gosta ria de saber qual é o tempo de carencia pra realizar a cirurgia o plano do me esposo é empresarial,por favor me respodar.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 07-10-2011 10:57
Juliana,

Nos planos empresariais com mais de 50 funcionários não existe tempo de carência.

Insista com seu médico para que mande o pedido, mesmo com receio de uma negativa, pois isso é essencial para que você tome outras providências com o intuito de garantir seus direitos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# fernanda bahia 08-10-2011 22:50
boa noite meu plano de saude não liberou minha cirugia bariatrica tenho apneia do sono pressão alta tomo remedio to com 103 kilos, se eu colocar na justiça o plano libera o que quer eu faço mim ajudem beijoss
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 11-10-2011 19:49
Fernanda,

Se existe indicação médica, você deve buscar seus direitos na justiça.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Sherida 12-10-2011 17:03
Boa tarde, o meu plano é o DIX e eles informam ter a cobertura para a gastroplastia. Ainda faltam 7 meses para acabar a carência de 2 anos. Sendo que quando eu entrei no plano de saude já era obesa, mas hoje estou endo problemas relacionados a obesidade. Será possivel conseguir adiantar essa cirurgia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 13-10-2011 19:41
Sherida,

Este prazo de carência é apenas para doenças pré-existentes. Por isso é importante que você veja se estes problemas, ainda que relacionados à obesidade, já existiam quando contratou o plano ou se surgiram posteriormente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# jurema alves 12-10-2011 18:45
fiz o plano de saude unimed no mes de janeiro do ano de 2011. Apos com pareci ao medico e constando os meus problemas alegados, o mesmo disse que eu deveria fazer a cirurgia bariatrica. Apos todos os exames o plano recusou e exige que eu assine delcaração que ja sabia que estava comn obesidade morbida. O que nao e verdade. Quando fiz o plano estava e declarei o peso de 90 quilos. atualmente estou com 111 quilos, incontinencia urinaria e pressao alta com taquicardia e problemas circulatorios e de tireoide.
o que fazer.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 13-10-2011 19:44
Jurema,

O fato de ser obeso quando da assinatura do plano não significa que eventuais complecações surgidas depois sejam doenças pré-existentes. Pré-existentes, como o próprio nome diz, são aquelas que já haviam sido diagnosticdas em data anterior à assinatura do contrato.

Portanto, se você não possuia estes problemas quando contratou seu plano, não deve ser esta declaração sugerida pela operada. Ao contrário, você deve exigir a autorização para realização da cirurgia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# PRISCILA 13-10-2011 01:45
Boa Noite! Tenho o convênio do Bradesco Saúde e o convenio não autorizou minha cirugía bariátrica porque o meu IMC é 36,3 e disse que só pode autorizar se o meu IMC for acima de 40. Vc acha que pela justiça consigo autorização para fazer a cirugia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 14-10-2011 12:24
Priscila,

Se você possui laudo médico indicando a cirurgia em razão de problemas que causam risco à sua saúde, o plano deve autorizar sua realização independente de seu IMC.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Aurea Carvalho 17-10-2011 12:29
Olá Bruno,
Desde já gostaria de parabeniza-lo por essa iniciativa de esclarecer nossa duvidas. Bom, dei entrada na cirurgia bariatrica com o relatorio do endocrino, com imc de 35 só com esteatose hepatica, apneia do sono e relatorio do ortopedista por problemas no joelho, mas o plano UNIMED negou alegando o tempo de carencia pois só tinha 4 meses. O tempo passou e agora desenvolvi HAS, diabetes, colesterol e triglecerideos alto que antes naum apresentava. Atualmente tenho 7 meses de plano de saúde. como devo proceder? Dou uma nova entrada com a HAS e Diabetes? O plano agora pode liberar?
Desde já agradeco pela atenção
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 17-10-2011 15:43
Aurea,

Sim, acredito que deva dar entrada em novo pedido, principalmente considerando as complicações desenvolvidas neste tempo.

É importante deixar claro que o prazo de carência de dois anos é para doenças já existentes à época da contratação do plano, não podendo ser aplicado para aquelas posteriormente desenvolvidas.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# DANIELA 19-10-2011 11:33
Bruno, sou de Taubate, ha possibilidades de voce entrar com uma ação contra a decisao do meu plano medico ou a distancia atrapalha?
meu plano é sul america, tenho imc acima de 4o, exames ok, porem sem comorbidades, o plano exige exames que comprovem comorbidades e receitas de remedios.
obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 20-10-2011 18:44
Daniela,

Não vejo problema nenhum em relação à distância e temos todo o interesse em te auxiliar. Já inclusive atendemos diversos clientes em SP e outros Estados.

fique à vontade para nos enviar um e-mail (info@lemosguer ra.com.br) ou nos ligar para que possamos entender melhor seu caso.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Natalia Notaroberto 20-10-2011 22:31
Ola Bruno .. Boa Noite estou em uma situação mto dificil tenho 26b peso 115kg sou portadora de obesidade morbida, tenho pre-diabetes e Gordura no fígado .. eu fiz um plano de adesão(plano empresa) pela Unimed, qndo eu fiz em 02/11 eu pesava 89 kg qndo fui preencher a declaração de saude eu coloquei a minha altura errada 1.75 já que a corretora pediu que eu colocasse emmédia , informei que não tinha problemas de saude, obesidade nem nada, pq sempre fui "gordinha" e como não era mto satisfeita eu tomava remedio mas.. nda de obesidade, pelo menos que eu soubesse...8 meses após eu dei entrada na cirurgia e eles nem se deram o trabalho de negar disseram que "agi de má Fe" pois em todos os meus laudos vem dizendo a minha altura correta que é 1.65cm ...que se calculado daria 32 de IMC.. e pedram que retificasse a altura e que eu teria doença pre existente (Obesidade Leve) Mas eu não sabia na época e neão passei por nenhuma entrevista ou perícia da corretora que no caso é a Qualicorp
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Natalia Notaroberto 20-10-2011 22:36
Continuando... E ainda alegam que eu não posso realizar a cirurgia pois todos os meus laudos médicos dizem q eu relato ter feito tentativas de emagrecimento por dois anos Os remedios que eu tomava ). Me informaram que se eu entrasse na Justiça poderia ganhar uma liminar para fazer a cirurgia mas a Unimed provaria q eu ja tinha a doença e eu teria q pagar os 30 mil da cirurgia para eles... Ou seja.. eu não sei o que fazer se tenho relamente chances ou não de fazer essa cirurgia ... Eu ja mandei um e-mai, onde fio orientada pela Qualicorp para a correção da altura nada além disso .. e agora o que faço ? Não tenho interesse de indenizações , so mesmo de realizar a minha cirurgia desde já Obg pela ajuda .. Natália
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 21-10-2011 19:24
Natalia,

É uma situação um tanto complexa a sua, por isso seria necessário analisar todos os documentos com calma para te dar uma opinião segura. Por isso te peço que não tome esta resposta como algo definitivo, ok?

Bom, a questão da altura é algo que deve ser retificado junto ao plano, pois o consumidor tem o dever de prestar informações corretas sob pena de perder seus direitos.

Mas a questão da cirurgia não se limita a este fato. Para saber da necessidade (e seu direito) de realizá-la, é preciso seguir o determinado por seu médico.

Se ele indica, através de relatório fundamentado, a cirurgia como tratamento para alguma enfermidade, ela deve ser realizada e o plano arcar com seus custos, dentro da cobertura contratual.

Mesmo porque em planos empresariais com mais de 50 pessoas não existe carência, portanto eventual pré-existência não pode ser alegada.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Natalia Notaroberto 21-10-2011 22:56
bem quanto a retificação eu fiz uma primeira entrevista com o médico da Unimed (quando eu soube da divergencia ) e de primeira eu me recusei a assinar pq...ele queria que eu mudasse o peso tambéme declarasse que eu tinha a doença pre existente. Ja entrei em contato varias vezes e estou tentando fazer a retificação mas fui informada pela Unimed q eles mesmos ja mudaram colocando o peso, altura atuais e entrei em CTP!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-10-2011 08:27
Natalia,

Aceite apenas a retificação da altura, o peso tem que coonstar o que que você tinha na época em que fez o plano!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rodrigo 21-10-2011 15:42
Estou com o mesmo problema junto a UNIMED Itabuna. Nunca fiz nenhum exame, procedimento que fosse pago pelo plano. Em mais de 1 ano e 7 meses pagando por ele, agora e um check-up me foi aconselhado a fazer a cirurgia dadas as condições que eu ainda possuo, meu IMC chegou a 43 e nenhum outro procedimento para perda de peso deu resultado. Com isso eu me deparei com a negativa do plano de cobrir minha cirurgia. Entrei em contato para que fosse reavaliado, pois eu ja fui UNIMED ESTADUAL por mais de 4 anos e havia migrado para o UNIMED FEDERAL. Com a mudança eles alegavam que era um novo contrato e com isso uma nova carência. Agora estou aguardando para reavaliarem (17:30 devo entrar em contato) para que isso seja solucionado. Espero que de fato autorizem, pois não é justo pagar por um plano tão caro e quando precisamos dele temos de depender de carência. Se fosse para esperar, tivessem feito diversos exames em todos os postulantes a contratar a empresa para determinar se há ou não risco.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 21-10-2011 19:29
Rodrigo,

Nosso seu caso também seria preciso estudar os contratos para verificar se realmente foi feito um novo plano ou se apenas se trata de modificação de abrangência/cobertura.

Se o plano realmente for novo e você já apresentava estes problemas quando o fez, realmente deve seguir a carência.

Mas é importante entender que esta carência é para condições pré-existes, e não para qualquer sintoma relacionado à obesidade. Ou seja, se a obesidade já existe, mas as comorbidades surgiram posteriormente, estas não seriam condições pré-existentes.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Jéssica Menegatti 22-10-2011 10:06
Bom dia Bruno. Vi seu site e me interessei muito, porém tenho uma dúvida. Tenho o plano da DIX AMICO, e tenho obesidade mórbida, meu imc é de 47, tenho 1,55 de altura e peso 115kg, porém estou começando a passar com os médicos, mas fui informada de que antes de passar com o cirurgiao eu devo fazer uma medicina preventiva que são de 7 meses sendo palestras com psicologa e nutricionista. Acho importante esse acompanhamento porém é apenas uma consulta por mês e acho o tempo muito prolongado, tendo em visto que também fui informada de que após essas palestras eu tenha que aguardar mais 1 ano para realizar a cirurgia. Apesar de não ter hipertensão, diabetes, tenho apnéia do sono, dores fortes nos joelhos e minha colunha está ficando cada vez mais torta devido ao peso, além de estar com problemas hormonais e alergias que nunca tive.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-10-2011 08:31
Jéssica,

Existe uma resolução da ANS que sugere que, antes da cirurgia bariátrica, seja feita esta medicina preventiva por dois anos.

Contudo esta resolução é apenas uma orientação, não uma regra que deve ser seguida sempre. Se o médico responsável entender que o caso do paciente necessita da cirurgia imediatamente, para evitar danos à sua saúde, o plano não pode exigir o cumprimento dos dois anos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Jéssica Menegatti 22-10-2011 10:06
continuando... Seria obrigatório eu realizar essas palestras durante 7 meses ou há como fazer sim o tratamento com psicologo e nutricionista sem precisar durar todo esse tempo? Pois veja bem, já sofro com problemas psicologicos, sendo que sou ansiosa demais, e essa ansiedade toda me faz inclusive ficar doente, sou obrigada a cumprir esse tipo de tratamento tão longo que provavelmente só fará piorar meu estado? Tenho direito de reclamar quanto a isso na ANS? Como devo proceder? Obrigada e parabéns pelo site, é de grande ajuda.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Wanessa 24-10-2011 19:21
Boa Noite. Tenho 25 anos 1,67 de altura e com um IMC de 44,2. Possuo quadro de obesidade mórbida há alguns anos porém vinha tentando tratamentos sem obter êxito. Neste ano meu endocrinologist a me indicou a gastroplastia como melhor tratamento e perda de peso mais eficaz. Porém tenho algumas dúvidas em relação a liberação pelo plano de saúde. Aderi ao plano no dia 07/06/2011, Sulámerica Empresarial sem carência. Por já possuir obesidade mórbida antes de aderir ao plano, corro o risco da minha cirurgia não ser autorizada? Corro o risco do plano de saúde não cobrir a cirurgia integralmente??
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-10-2011 08:33
Wanessa,

Se o seu plano é sem carência, eles seriam obrigados a cobrir o tratamento integralmente.

Mesmo porque nos planos empresariais com mais de 50 pacientes não pode, por lei, ser exigida carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# luciana 24-10-2011 22:30
FIZ CIRURGIA BARIATRICA EM JANEIRO DE 2010 , HJ FIZ UMA CONSULTA EM UM MEDICO DE CIRURGIA PLASTICA, ESTE FEZ O PEDIDO DAS CIRURGIAS DE ABDOMEN E MAMAS, FUI Á UNIMED FAZER A VISTORIA E FUI INFORMADA QUE SÓ SERÁ (?) AUTORIZADA A DE ABDOMEN.,O QUE DEVO FAZER PARA CONSEGUIR AUTORIZAÇÃO PARA MAMAS
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-10-2011 08:35
Luciana,

Como tratam-se de cirurgias reparadoras e não estéticas, elas devem ser autorizadas pelo plano.

Se esta negativa persistir, voc~e deve buscar a ANS para tentar que, através da intervensão do órgão, a cirurgia seja autorizada.

Caso continuem negando, acredito que deva buscar seus direitos judicialmente, através de um advogado de sua confiança e, de preferência, especializado nesta área.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# claudia Alves 29-10-2011 12:59
por favor me ajuda dei entrada na sul america para liberar minha cirugia tenho imc 36 com incontinencia urinaria grau 2gorduras no figado diabete estou com medo de negar minha cirugia sera se vou conseguir obridada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:25
Cláudia,
O jeito é esperar para ver se vai ser autorizada e, caso não seja, buscar seus direitos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Liduina Trindade 01-11-2011 17:42
O que eu posso fazer pra que a Unimed antecipe a minha perícia que só e marcada pra 20 de dezembro/11, alegando que a médica da perícia só atende um paciente por semana...Isso é o cumúlo do delecho com os pacientes.Quero fazer algo pra agilizar, pois o meu médico marcou a minha gastroplastia pra 18/11/11. Me diga se possivel algo que possa fazer nesta situação, por favor...
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 16:35
Liduina,

Você pode faze ruma denúncia na ANS, procurar o Procon ou o Juizado Especial para tentar agilizar os exames, pois o paciente não pode ser penalizado pela falta de estrutura ad operadora.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# keylla 02-11-2011 20:56
Boa noite, no meu caso fiz um plano de saúde no mês de julho deste ano nesse periodo estava com 73 kg, sem problemas pois acabava de sair de um tratamento com endo, estava bem agora estou com 4 meses de plano e voltei a engordar desesperadament e, estou com 105 kg IMC 39 e andando de muletas pois me apareceu uma bela hérnia de disco e indicação da bariátrica o plano de saúde pode negar o meu pedido de cirurgia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:27
Keylla,

Seria preciso verificar o que seu plano diz sobre carências para poder te responder.

Mas como existe indicação médica de cirurgia, acresdito que você deva fazer o pedido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Tatiana 03-11-2011 14:55
Pretendo fazer a cirurgia bariátrica, em janeiro de 2012, pois neste período estarei de férias do trabalho, porém tenho receio que a cirurgia não seja autorizada pelo plano de saúde (UNIMED) em tempo hábil. O meu médico sugeriu que fizesse particular, pois seria bem mais rápido e depois entrasse na justiça pedindo o reembolso ao plano de saúde. Quais seriam as chances de eu ganhar um processo dessa natureza?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:29
Tatiana,

A não ser que seu plano possua 100% de reembolso (inclusive de honorários médicos), sugiro que todo o procedimento seja realizado pelo plano mesmo.

Isso porque o reembolso de despesas quando não previsto ou em valores diferentes do que consta do contrato somente é admitido em hipóteses excepcionais, como a não realização ou negativa de cobertura pelo plano.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Luciana 04-11-2011 18:09
Boa Noite, Bruno.

Eu fui indicada pela endocrinologist a para fazer a cirurgia bariatrica, dei entrada para fazer todos os exames pré operatorios mas meu imc 37 com dislipidemia (colesterol alto) e antecedentes anteriores minha mae tb já foi operada do estomago, no laudo a medica diz que estou em tratamento há 6 anos com atividades fisicas, remedios e dieta de 1200 kal sem sucesso, será que a Sul america pode barrar????? Eu vou começar a psicologa e a nutricionista particular tenho medo de gastar tanto dinheiro e o convenio nao autorizar, estou muito preocupada.

Aguardo um retorno obrigada

Luciana
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:30
Luciana,

É sempre difícil prever o que a operadora vai fazer ou alegar. O jeito é pedir e, caso seja negado, procurar seus direitos.

Mas vamos torcer pelo melhor!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Fabia 04-11-2011 18:53
Olá! Estou com uma dúvida muito grande... Tenho o plano UNIMED desde agosto de 2010 (1 ano e 3 meses) já estou com praticamente todos os exames prontos, só falta mesmo o exame de sangue que ficará pronto dia 11. Gostaria de saber quais são as chances de eu conseguir operar, mesmo fora da carência (já q estou tendo problemas e comorbidades). Se entrar na justiça, consigo fazer a cirurgia? Devo procurar um advogado? Meu IMC é 147. Obrigada!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:32
Fabia,

Se existe indicação médica e risco à saúde do paciente, o plano não poderia negar o atendimento, mesmo durante o prazo de carência, a não ser quanto a doenças pré-existentes e desde que não caracterizada a emergência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# cassiane 04-11-2011 21:48
Olá....tenho o plano unimed desde outubro de 2010 e fui na unimed da minha cidade que é aqui no interior de sp na região de capinas e fui informada que minha cirurgia libera em 23 de janeiro de 2012 que daria uma carencia de 15 meses agora...bem tenho essa duvida sobre a carencia ja que sempre ouvir que era de 24 meses e no meu caso darião 15...tenho medo de quando for fazer o pedido ele ser negado!!!!!!!!! !!OBRIGADA
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:34
Cassiane,

Se quem te deu esta informação foi o plano, guarde-a bem, pois depois eles não poderão negar a autorização uma vez que estipularam uma data certa.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marly 07-11-2011 19:12
olá, tenho amil/sp, e qdo fiz o contrato em junho/2010 onde eu não era obesa(mas sempre fiz tto p/obesidade pq sempre gordinha),hj após um cancer de tiroide onde ganhei peso e junto com a obesidade doenças como HAS, dilipedimia,est eatose hepatica,intole rancia a glicose, fui indicada a redução de estomago,e foi marcada pro di 22/10/10, a operadora ligou alegando carencia pre existente,pedi a negativa por escrito(telegra ma/copia/protocolado)e msm assim não querem dar a negativa por escrito,meu amigo adv entrou ocm o pedido da liminar , mas o juiz só aceita se tiver a negativa por escrito, hj tdo esse trabalho está parado não como recorrer....Att Marly
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marly 08-11-2011 16:38
*a cirurgia estava marcada 22/10/11*
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:36
Marly,

Se o pedido foi feito por escrito e não houve resposta até hoje, isso já seria considerado como negativa.

Outra coisa que você pode fazer é abrir uma reclamação junto à ANS, pois assim o plano seria obrigado a responder.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Fabiana 09-11-2011 20:03
Olá!
Meu IMC é 37,7 tenho 1.58m desde meus 14 anos tomo remedios para emagrecer,sem sucesso algum,hoje com 37 anos já não fazem efeito,peso 95kg tenho apneia do sono,dores nas pernas e nenhuma comodidades mais,os endócrinos não indicam a cirurgia pra mim mas eu não suporto mais tamanha frustração do alto peso,a quem posso recorrer?
Aguardo por favor retorno.
Obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:38
Fabiana,

Se não existe indicação médica, a cirurgia não pode ser tratada como algo terapeutico.

Neste caso, você poderia se submeter à cirurgia de forma particular, arcando com os custos.

Contudo, aconselho que siga as instruções médicas, pois o que pode te parecer uma solução agora, pode se tornar mias um problema no futuro.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Camila 10-11-2011 20:52
Boa noite DR Bruno.Sou portadora do plano central unimed de São Paulo e moro em natal,estou com tudo pronto para fazer a cirurgia que esta marcada para o dia 14 de novembro, e para a minha surpresa a unimed não quer autorizar a cirurgia por vídeo só a cirurgia aberta, sendo que o médico não faz essa cirurgia aberta só por vídeo e os pacientes dele que tem unimed só que é unimed Natal, é autorizado normalmente sem nenhuma complicação.Gostaria de saber se judicialmente tem alguma maneira de fazer com que a central unimed autorize uma vez que a unimed Natal autoriza sem problemas.

Desde de já agradeço.
Camila Dib
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:39
Camila,

Existem várias decisões afirmando que o paciente não pode ser submetido a um procedimento mais invasivo simplesmente por redução de custos da operadora.

Assim, caso não autorizem a realização da cirurgia por vídeo, te aconselho a buscar seus direitos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Eliana 12-11-2011 13:32
ola bruno,fiz a cirurgia bariatrica pelo o convenio amil empresarial mas estou querendo mudar de trabalho e o convenio do outro trabalho é unimed gostaria de saber se unimed e obrigada a cobrir a plastisca mesmo eu naõ tendo feito pelo convenio da unimed me responda o mais rapido possivel
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:41
Eliana,

Sim, eles são obrigados a cobrir a plástica mesmo a cirurgia tendo sido realizada por outro plano.

O único porém de situações como a sua é a carência. Por isso te aconselho a saber exatamente quais seriam elas e a que casos seriam aplicadas para não ser surpreendida depois.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# lana zizo 16-11-2011 09:05
Ola tenho 19 anos e tenho obesidade morbida to com cerca de imc de 49
Começei a trabalha em uma empresa há 2 meses e tenho o convenio bradesco nacional gostaria de saber se é possivel eu realizar a cirurgia ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:42
Lana,

Se a cirurgia for recomendada por seu médico, acredito que possa realizar a cirurgia sim.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# keila 22-11-2011 08:39
o que fazer tenho unimed a 7 anos fiz cirurgia bariatrica pelo plano à 2a anos tenho indicaçâo do gastro para cirurgia plastica reparadora mas o plano negou o que fazer meu plano é a unimed
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:43
Keila,

Sendo a cirurgia plástica reparadora o plano não poderia tê-la negado. Acredito que você deva buscar seus direitos judicialmente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Luciana 22-11-2011 12:02
Boa Noite, Bruno.

Eu fui indicada pela endocrinologist a para fazer a cirurgia bariatrica, dei entrada para fazer todos os exames pré operatorios mas meu imc 37 com dislipidemia (colesterol alto) e antecedentes anteriores minha mae tb já foi operada do estomago, no laudo a medica diz que estou em tratamento há 6 anos com atividades fisicas, remedios e dieta de 1200 kal sem sucesso, será que a Sul america pode barrar????? Eu vou começar a psicologa e a nutricionista particular tenho medo de gastar tanto dinheiro e o convenio nao autorizar, estou muito preocupada.

Aguardo um retorno obrigada

Luciana
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:45
Luciana,

É sempre difícil prever o que a operadora vai fazer ou alegar. O jeito é pedir e, caso seja negado, procurar seus direitos.

Mas vamos torcer pelo melhor!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Isabel Lima Melo 22-11-2011 19:29
Boa Noite, Dr. Bruno, sou de sp-capital.
Meu imc é de 37, a mais de 10 anos venho fazendo tratamento de obesidade, fórmulas, fenpropurex, anfepramona, sibutramina, lipblock, enfim todos os tratamentos possíveis e imaginaveis, inclusive atividades fisicas, neste período tive vários problemas de saúde, passei por umas 8 cirurgias,(tune l do carpo, rompimento de ligamento devido ao peso) sendo a última em março desse ano...uma tireidectomia parcial, devido a nódulos. Tenho três comorbidades: Hipertensão e colesterol(send o tratada a mais de 2 anos)artrose e osteopenia, a mais tempo.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Isabel Lima Melo 22-11-2011 19:29
Cont.com.anterior
Consegui indicação para cirurgia com todos os laudos. Hj dia 22.11, recebi a noticia que a empresa que meu marido trabalha não autorizou a cirurgia e portanto o procedimento que seria realizado dia 25.11 foi cancelado pela empresa. Minha dúvida, se entrar com processo contra a empresa para exigir a cirurgia meu marido corre o risco de ser demitido? - Estou desesperada....grata e no aguardo de um breve retorno.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-11-2011 15:57
Isabel,

Não sei se entendi o final direito, mas o processo deve ser movido contra o plano de saúde contrato pela empresa que seu marido trabalha e seu marido não pode sofrer qualquer prejuízo ou retaliação por causa disso.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Isabel Lima Melo 15-12-2011 22:10
Boa Noite, Dr. Bruno
Infelizmente, é a Empresa que se negou Qa aprovar a cirurgia, pois o plano é por co-participação. No dia 24/11 tive que comparecer à Empresa(laborat ório de grande porte), que meu marido trabalha para passar por avaliação com o médico da perícia, que disse que era uma cirurgia de alto risco, portanto, não seria possível aprovar. Meu cirurgião solicitou a negativa por escrito e o médico da empresa disse que era contra a politica da mesma.
Meu marido gravou a conversa que teve com o médico da perícia e sentimos que houve um tom de ameaça. Continuo apreensiva...esse médico tem até um blog de como se defender das negativas de convênio...acredita...não sei que atitude tomar, não quero de forma algum fazer a cirurgia e ter por consequência meu marido desempregado...o que faço? qual o caminho?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Sorayha Fraga 26-11-2011 15:04
Ola Bruno, tenho plano de saude Amil nao tenho carencia,e o mesmo recusou minha cirurgiao alegando que eu nao tinha 2 anos de tratamento contra obesidade , meu imc é 39 tenho comorbidades como , ovario policistico, esteatose hepatica, diabetes e leve hipertensao como devo proceder, justiça é o melhor caminho?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 30-11-2011 11:01
Sorayha,

Estes dois anos são uma recomendação da ANS, visando evitar cirurgias desnecessárias, em casos que poderiam ser resolvidos através de outros meios.

Contudo, não é uma regra, uma lei que deva ser seguida. Se seu médico indicou a cirurgia por necessidade clínica, o plano não pode negá-la sob este argumento.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# CONCEIÇÃO 30-11-2011 08:01
Bom dia Bruno Lemos,me chamo conceição e gostaria de saber se a unimed bh,pode barrar a minha cirurgia,meu IMC É 54 TENHO PRESSÃO ALTA,E MEU PAI FALECEU DE AVE E MINHA MÃE É DIABETICA,MEU PLANO É IMPRESARIAL DA PBH,JA TEM QUASE 2 ANOS QUE EU ADERI,ME DISSERAM QUE O PLANO DA PREFEITURA DE BH NÃO PRECISA CUMPRIR PAZO DE CARENCIA,GOSTAR IA DA SUA OPINIÃO.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 30-11-2011 11:03
Conceição,

Como o plano é empresarial e certamente com mais de 50 segurados, realmente não pode ser exigida carência.

No seu caso, se existe indicação médica para a cirurgia, acredito que a Unimed não poderia negá-la.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Juliana karina 06-12-2011 16:24
Oi boa tarde Bruno Lemos, gostaria de saber se teria como o meu plano Hospitalar de Londrina/Pr me negar a cirurgia pois minha carência para cirurgias é de 6 meses so que tem um porém sofro de ansiedade ñ durmo direito e venho engordando só que em 4 meses engordei quase 15 kilos entrei no planoem julho de 2011 pesando 98 tenho 1,60 de altura e hoje meu imc é de quase 44 será que se começar a correr atras eles podem negar, pois fiz exames laboratorias e eu ñ tenho nada sou simplismente uma mulher gorda sem comorbidade nenhuma ...
te agradeço desde já .
um Forte abraço.
há qualquer coisa me manda um e-mail jkcs.duduegabi@hotma il.com
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-12-2011 15:24
Juliana,

Como ainda existe a carência, o plano somente seria obrigado a autorizar nos casos de urgênca/emergência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ademir henning 07-12-2011 12:02
olá Dr Bruno
Gostaria de expor o seguinte caso:
Minha esposa, teve um pequeno acidente caminhando, , bem meses depois devido ao incomodo que vinha sentindo no joelho, procurou outro medico e recebeu o diagnostico de qeu deverá passar por uma cirurgia no mesmo, bem todas as consultas foram feitas pela unimed, assim como a fisioterapia indicada para ver se poderia ocorrer a regeneração, mas agora o medico que fez todo o acompanhamento esta querendo operar entretando alega que trabalha com uma equipe particular de auxiliares onde deveria ser paga por fora mais 600,00 reais a ele afim de cobrir custos com anestesista e intrumentos, isso é correto?, é ético, é permitido?
existe algum ampara em lei que possa garantir o procedimento com este medico com cobertura total pela unimed?
atenção: a unimed nao se pronunciou
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-12-2011 15:26
Ademir,

É um caso muito específico do qual não conheço os detalhes, então não tome esta resposta como algo definitivo, ok?

O médico tem a liberdade de escolher atender pelo plano de saúde ou não, mas a partir do momento que decide atender pelo plano, entendo que todos os custos deverão ser pagos pelo plano.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# sonia 10-12-2011 13:01
olá dr Bruno,ouvi falar que em janeiro todos os convenios terão que cobrir as cirurgia bariatrica por video séra que verdade?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-12-2011 15:30
Sonia,

É verdade. Foi publicada pela ANS um resolução que inclui como de cobertura obrigatória vários procedimentos, dentre os quais a cirurgia bariátrica através da técnica chamada videolaparoscop ia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Valquiria Lúcia 12-12-2011 20:18
Boa noite Bruno Lemos meu filho tem 16 anos e já fez todos s exames para Gastroplastia para obesidade morbida queria sua ajuda pois o nosso plano é Unimed Bh e eles não querem liberaro Gabriel está com altura de 1,83 e pesa 184 quilos o mc dele está acima de 56% ele está com gordura no fígado, um passe para outras doenças piores e eles alegam que ele não peenche os critérios tecnicos de indicação para o tratamento cirurgico, na RN 211 Da ANS, ele já fez o teste de crescimento e deu que ele está com idade ossea de 18 anos queria muito poder contar com sua ajuda a cirurugia dele estava marcada para dia 15 de dezembro agora vou entrar na justiça para conseguir está liberação mais antes o que devo fazer obrigada Valquiria.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-12-2011 15:33
Valquiria,

Existindo indicação médica para a realização da cirurgia, a recusa na cobertura por não preenchimento de requisitos é, no meu entendimento, ilegal.

Por isso, sugiro que consiga um relatório claro de seu médico indicando a cirugia para basear seu pedido.

Da mesma maneira, aconselho você a procurar um advogado de sua confiança para acompanhar o processo, de preferência alguém especializado nesta área.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Renata Moreira 15-12-2011 21:30
Boa noite, Bruno! Realizei todo meu pre-operatorio para a gastroplastia, e foi constatado mais ainda comorbidades. fui chamada na unimed e eles me disseram q ainda estou na carência. Mas meus problemas de saúde estão se agravando. Posso entrar com uma liminar para realizar essa cirurgia? e se meu médico se opor a me operar por medo de perder o credenciamento do convênio, afinal, preciso q ele entre com o pedido formal de cirurgia na unimed, pois preciso da negação deles. como devo proveder? segundo a unimed agi de má fé pq a a corretora não colocou meu peso e altura, mas na época ela disse q só ia ser preenchido na unimed no setor de entrevista médica. eles demoraram um ano pra me chamar. posso acionbar a justiça?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-12-2011 15:36
Renata,

Em casos de urgência e/ou emergência, o prazo de carência é de 24 horas. Por isso, é preciso verificar com seu médico se seu caso se encaixa nestas situações, pois somente assim poderá ser desconsiderada a carência contratual.

Sobre o preenchimento da ficha, existem decisões que entendem que quando o preenchimento é feito pela operadora ou prepostos desta (como a corretora), eventuais erros contidos não podem prejudicar o consumidor, mas esta é uma situação que tem que ser verificada caso a caso.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Flavia 15-12-2011 21:58
Olá!!
O meu plano é sulamérica sp,quando foi feito minha adesão a funcionaria colocou peso 80 kg sendo que eu mencionei o peso de 87 kg mas ela por si colocou 80kg apos 3 meses entrei com pedido autorização pois eu tinha um plano de saude e a sulamérica pegou as carência fique com carência zero como era no plano anterior.
mas todos os meus laudos dizendo meu peso de 2 anos estar em 87 pra mais não bateu com o peso descrito na ficha de adesão, sendo esta preenchido pela corretora onde a propria se lembrou perfeitamente que eu comuniquei o peso de 87 e não 80, por este motivo a seguradora não autorizou minha cirurgia, estava tudo marcada todos exames feitos data e hora, fiquei sabendo um dia antes do ocorrido por ligar na seguradora. Agora pedi para retificar o meu peso na ficha a corretora me mandou por email uma folha onde fala de carencias pra mim assinar com data de hoje sendo que, o que precisa ser retificado é o peso. Não sei o que fazer.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 16-12-2011 15:40
Flávia,

Como respondi na pergunta acima, o consumidor não pode ser prejudicado por erros praticados pela operadora ou prepostos desta (como a corretora). Por isso, se realmente ocorreu um erro da corretora e a sulamérica não verificou este fato na data, não podem pedir uma retificação agora.

Outro ponto importante é que você não deve assinar este termo que contem carências contadas a partir de agora.

Te oriento a procurar um advogado de sua confiança para que, depois de analisar a fundo o caso, ele possa te sugerir o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# rodrigo 19-12-2011 18:14
boa tarde bruno
me chamo rodrigo tenho 24ans 1.87 de alt r 188,00 kls fiz as minhas contas aqui e eu ia começar a pagar um plano de saude em maio do ano que vem pq
eu tava pensando em fz essa cirugia milagrosa so que fui ver como funcionas esses planos e conheci a tal da carencia que nunca tinha visto falar.
Ai eu desisti da operaçao ate q veio um amigo q tinha operado e falou que foi aprovado uma nova lei que a cirugia de reduçao de estomago nao ia + ter carencia a parti de janeiro de 2012 pq ser obeso e bem perigoso
so que aqui na minha cdd tem 2 planos de saude que e a unimed e o plano salvar que dizem ser bem melhor que a unimed .
So que eu liguei para o salvar e eles disserao que nao esiste essa tal lei...
E agora caro amigo c for pra eu ficar + 2 anos gordo vou acabar desistindo de fz essa operacao oque eu fasso ?e esiste ou nao essa lei?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:23
Rodrigo,

Realmente ainda existe a carência para doenças pré-existentes.

Mas é importante que, ainda assim, voc~e faça seu plano, pois as urgências e emergências possuem carência de apenas 24 horas.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# cida zardo 21-12-2011 12:23
Oi boa tarde bruno tenho o plano de saude sul america.fui indicada pelo o meu endocrinologist a, ortopedista nutricionista cardiologista psicologo que estou apta a fazer a cirurgia bariatrica por ter mais de 2 anos de tratamento clinico sem resultado com um imc de 37,5 e artrose severa dores nas articulações os meus pés incham e me impede de fazer varias coisas estava com a cirurgia marcada para 2 de novembro tivemos e cancelar porque o convenio me negou. fiz uma reclamação no reclame aqui e novamente me foi negado alegando que não se comprovou o atendimento as diretrizes de utilização para cobertura de procedimento
pois me fou negado duias vezes.
agora bruno o plano quer que eu tenha um imc maior e patologias para autorizar isso?
por favor me responda o mais rapido possivel o que devo fazer
muito obrigada por enquanto
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:26
Cida,

Se a cirurgia foi indicada pelo médico como tratamento essencial para manutenção ou melhora de sua saúde, o plano não pode negá-la, no meu entendimento. Até porque não é lógico aguardar que alguém piore para depois tratá-lo...

Caso essa negativa continue, sugiro que procure o judiciário,d e preferência com o auxílio de um advogado de sua confiança.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# moisesbsantos 22-12-2011 13:06
oi Bruno tenho plano de saude sul americ a ha quatro anos estou com imc de 38 a mesma pode negar minha gastroplastia
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:27
Moises,

O jeito é solicitar a autorização. Se negarem, você deve analisar o motivo para ver se é legal.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# sd 22-12-2011 14:38
boa tarde Bruno,
tenho 42 anos e ao longo de 10 anos venho ganhando peso, meu peso é 105kg tenho 1,63 de altura e meu imc eh de 40, tenho o plano empresarial de saude da amil, desde 17/04/2011 qdo a empresa adquiriu este plano eu estava com cerca de 80 kg e desde entao tentei tratamento com endocrinologist a e sem sucesso ela me sugeriu a cirurgia bariatrica, estou com doenças com co-morbidade: apneia, pedra na vesicula, artrose nos joelhos, hernia de hyato, gastrite e esofagite, agora o plano me disse que nao pode autorizar a cirurgia por se tratar de uma doença pré existente,estou entrando em depressão se possivel me ajude me auxiliando no que eu poderei fazer, obrigado
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:31
Sd,

Seu plano é empresarial? A emrpesa tem mais de 50 funcionários? Caso positivo, não pode ser exigida a carência.

Outra coisa: a obesidade isolada é uma coisa, a morbidade e comorbidades são outra.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# sd 14-01-2012 07:59
Bom dia Bruno,
Em resposta a sua pergunta: meu plano e empresarial sim , mas a empresa tem menos de 50 funcionarios, e qto as doenças que me acometeram no decorrer deste ano ?? pois qdo eu aderi ao plano eu estava com 80 quilos, foram tentados varios tratamentos com medicamentos mais nenhum eficaz e com isso as doenças foram surgindo, isso pode ser levado em conta para o plano de saude, uma vez que no ponto de vista dos medicos eu sou um paciente que podera dar mais prejuizo ao plano se eu nao fizer a cirurgia, meu imc esta40.4 tenho 42 anos e 1,62 de altura o que devo fazer em relação ao plano ??
grata
sd
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Danielle Martins 01-01-2012 23:48
Gostaria de fazer um plano de saúde para mim pois tenho obesidade mórbida, mas ouvi falar que como já possuo a obesidade não consiga realizar a cirurgia bariátrica, poderia me informar se isso é verdade pois só farei o plano se puder realiza-la o mais rápido possível. Desde já agradeço.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:33
Danielle,

Você teria que aguardar o prazo de carência para realizar a cirurgia...

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Giselli 03-01-2012 17:56
Olá Bruno,
Primeiro parabens pelo artigo. Bom desde outubro 2011 eu to correndo atras de exames para a realizar a bariatria, no fim de dezembro a Unimed liberou o procedimento por video. Mesmo assim o medico esta me pedindo dinheiro pq teve materiais q nao foram liberados, como pinça pra endoscopia, eu teria q pagar, porem a unimed informa que esses materiais tem que estar disponivel no centro cirurgico. Porem o medico diz ao contrario q eu tenho que pagar... Nao tenho dinheiro pra efetuar esse pagamento. Onde posso me informar? Denunciar? o que devo fazer ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:38
Obrigado Giselle!

O plano tem que cobrir todos os gastos com a cirurgia, inclusive os materiais. Se não os estão fornecendo, o médico deve fazer este requerimento, e não cobrar de você.

Não pague nada ao médico, pois ele será remunerado pela operadora.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Fernanda 03-01-2012 19:48
Olá! Gostaria de fazer a a cirurgia bariátrica,meu imc é 37 fiquei sabendo que os planos de saúde a partir de 2012 deverão cobrir esse procedimento, meu plano é o ipasgo tenho ele já a 5 anos e unimed a apenas 1 mês o que quero saber é o ipasgo pode demorar muito tempo a liberar essa cirurgia, quanto tempo já que agora os planos vão ter que cobrir? Outra pergunta plasticas reparadoras podem ser feitas depois de quanto tempo? E se eu fizer a cirurgia bariátrica pelo ipasgo posso fazer as plásticas reparadoras pelo plano da unimed ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:43
Fernanda,

cirurgia bariátrica já é coberta há algum tempo, o que passou a ser de cobertura obrigatória agora foi a cirurgia bariátrica por vídeo, tecnica mais moderna.

De acordo com a nova regulamentação da ANS, existem prazos máximos determinados para cada tipo de necessidade, sendo que o maior é de 21 dias. Se passar disso, seu plano estará agindo ilegalmente.

As plásticas reparadoras não têm prazo para serem realizadas, desde que realmente reparadoras. E, dependendo da carência, você poderia realizar pelo convênio de sua escolha.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Fernanda 06-01-2012 23:05
Quero fazer a cirurgia bariátrica por video o plano tem que aceitar?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:44
Fernanda,

Desde janeiro deste ano, este procedimento passou a ser de cobertura obrigatória.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Andre 09-01-2012 01:30
Olá,
Preciso fazer a cirurgia bariátrica e estou pensando em fazer um plano de saúde. Sei que os planos tem uma carência específica para doenças pre-existentes. Li que são 24 meses. Se eu pagar os 24 meses a vista poderei realizar a cirurgia pelo plano?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bethy Oliveira 11-01-2012 01:15
Oi Bruno, A empresa que meu marido trabalha oferece convenio da Medial Saude para ele,e por um valor a mais, descontado no salário dele, eu posso ser incluida. A duvida é: Meu imc é de 53,ja to cansada de tanto sofrimento,será que por ser empresarial eu me livro da carencia? E começar num plano com tantos problemas de saude pode me dificultar de conseguir a cirurgia? E a empresa que meu marido trabalha vai ser notificada de alguma forma ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-01-2012 18:15
Bethy,

Nos planos empresariais com mais de 50 funcionários não pode haver carência. Nos demais pode.

Começar um plano com vários problemas vai encarecer muito a mensalidade.

Sobre a empresa ser notificada, depende da seguradora e do contrato que ela possui com a empresa, mas seu marido não pode ser prejudicado de qualquer forma por isso.

Att,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# marisa 13-01-2012 18:43
marisa quero fazer gastroplastia queria sa ber se o meu plano cobre ele e dix
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:15
Marisa,

A gastroplastia é de cobertura obrigatória para os pacientes com obesidade mórbida e, dependendo do IMC, da existência ou não de co-morbidades.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# rafaele 18-01-2012 16:25
olá,preciso fazer uma tereoidectomia total e fui encaminhada para um cirurgião de cabeça e pescoço só que o único que havia na DIX foi descredenciado, aguardei 15 dias e me arranjaram um cirurgião geral que faz a cirurgia, sei que o cirurgião geral pode fazer a cirurgia tb mas acho que o plano de saúde devia ter o cirurgião de cabeça e pescoço e permitir que eu ouvisse a opinião do especialista na aréa, desde o pedido até a cirurgia vão ser 44 dias uteis, gostaria de saber o que diz a resolução normativa 259.OBS.: MEU PEDIDO ERA DE URGÊNCIA
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:18
Rafaele,

Dentre outras coisas, esta resolução dispõe sobre os prazos máximos para atendimento aos consumidores, sendo que, no seu caso, por se tratar de urgência, o atendimento deve ser IMEDIATO.

Caso não tenha conseguido solucionar o problema, recomendo que procure um advogado de sua confiança para adotar as medidas cabíveis o quanto antes.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ALESSANDRA 18-01-2012 20:13
Boa noite Bruno...
A uma semana decidi que vou passar pela operação bariátrica. Tenho 1.62 e 115k. Meu plano de saúde é o da Intermédica, tenho ele a 1 ano. Liguei para a unidade de Botafogo - RJ e a atendente fez as contas de IMC e deu 43. Marcou minha primeira consulta com uma enfermeira para avaliação. Gostaria de saber se todo o procedimento será coberto pelo plano de saúde e se existe alguma carência a ser cumprida. Pois eu perguntei a atendente e ela me falou que teria que assistir palestras, ir a várias consultas etc. Muito obrigada pela atenção.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:21
Alessandra,

A existência de carência depende do seu plano, tendo que ser verificado no contrato.

Sobre o tratamento clínico anterior, trata-se de uma orientação da ANS para casos em que o IMC seja maior ou igual a 40 e não existam co-morbidades que acarretem em risco para a saúde.

Portanto, o ideal é, primeiro, se consultar com um médico para saber qual sua prescrição, pois é ela que determinará o caminho a ser seguido como tratamento.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marcia Lopes 19-01-2012 17:42
Olá,
Eu tenho o convenio de saude da santa casa de Maringa, há 1 ano e sete meses fiz a cirurgia de redução de estomago, meu imc era 45 considerado obesidade morbida, agora gostaria de fazer abdominoplastia e correção da mama, mas me informaram no plano, que não há cobertura para esse procedimento, pois trata-se de estética, me oriente por favor, desde já obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:24
Márcia,

O que seu médico diz sobre o caso? Ela classifica elas como reparadoras ou estéticas?

Caso sejam reparadoras, o plano deve cobrir, sendo que, na maioria dos casos, esta é a classificação dada a este tipo de cirurgia quando derivada de uma grande perda de peso depois de uma cirurgia bariátrica.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Mayrha 20-01-2012 03:24
Oi Bruno, Entrei no plano da assim a menos de um mes, para fazer a bariatrica, teve diminuição de carencia paara 6 meses, sendo que peso 163 kls e 1.68 de altura, e tenho apenas 18 anos, me sinto mto mal, sinto mta falta de ar e jaa estou com artrose,

queria saber se há possibilidades de eu conseguir fazer antes de 6 meses ?

OBRIGADA, ESPERO SUA RESPOSTA !
BEIJOS
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:32
Mayrha,

A não ser que fique caracterizada uma urgência ou emergência (o que, se Deus quiser, não vai acontecer), você deve aguardar o final da carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Thaís 21-01-2012 22:33
Eu tenho 24 anos, meu IMC é de 35,2
Desde o inicio de minha adolescência eu sou gordinha e então venho fazendo tentativas de reeducações alimentares e atividades físicas frustradas que ocasionam efeito sanfona.
Há uns dois meses decidi de uma vez por todas acabar com isso, optei por lutar por uma cirurgia bariátrica, antes que este problema chegue a proporções maiores.
Acabei de contratar a assistência da sulamérica através de Qualicorp (administradora ) e resolvi pesquisar se seria uma batalha fácil.
Confesso não ter grandes problemas, tenho colesterol alto, estou com fortes dores nas pernas, fadiga, falta de ar, dores nos pés ao andar e sinto principalmente que já estou com o psicológico abalado, estou com sérios problemas de auto estima.
Hoje lendo o contrato, notei que o corretor que o preencheu, não declarou corretamente meu peso.
Caso o médico solicite a cirurgia, isto será problema?
O plano poderá liberar nestas condições??
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:35
Thais,

provavelmente vão checar seu histórico médico e, constatando que houve uma informação errada no preenchimento, irão negar.

Aí caberia a você demonstrar que quem preencheu foi seu corretor, que é preposto da empresa.

Além disso, pelo seu IMC acredito que não haveria recomendação médica para a cirurgia, mas isso é apenas um palpite.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Raimunda 21-01-2012 22:44
Olá boa noite meu nome e raimunda tenho 3 anos de plano trasmontano.
estou com 99 kilos estou meu meus exames tudo pronto para minha cirurgia
amisja 2 veses levei um não.
serar se tem alguem que posso me ajudar.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:37
Raimunda,

Se existe a recomendação médica para cirurgia, o plano não poderia, a princípio, ter negado.

Sugiro que procure um advogado de sua confiança ou um órgão de defesa do consumidor para tentar solucionar seu problema.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ivanete teixeira da 23-01-2012 15:49
tenho obesidade de quarto grau tenho 148 e peso 107 quilos tehno ernia no esofago tenho que operar sera que meu plano intermedica cobre essa cirurgia meu esposo fes uma carteirinha do plano dele para min ten us quatro meses mas ele ja tem uns dois anos e sete meses que ele trabalha nesta firma sera que posso faser esta cirurgia se o plano demora muito liberar desde ja agradeço boa tarde
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:42
Ivanete,

Pelo que parece, seu plano seria empresarial e você se enquadraria nos casos de cobertura obrigatória.

Sendo este o caso, o plano deve autorizar a cirurgia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Suelen 23-01-2012 18:47
Olá Bruno,
Estou fazendo todos os exames para a cirurgia, que já foi indicada pelo cirurgião, porém, ontem liguei para a empresa que meu marido trabalha, há mais de 2 anos, e que nos dá o benefício do plano Unimed, para saber como funciona a liberação para a cirurgia. Foi aí que me disseram que na empresa existe uma fila para a realização dessa cirurgia, pois ela é muito cara, e que até o final de 2013 não existem mais vagas, que é realizada 1 a cada 6 meses. Será que isso é possível??? Podem fazer fila, sendo que é indicação de um médico?? Estou muito confusa, se puder me ajudar, agradeço.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-01-2012 17:47
Suelen,

Não existe isso, a empresa deve realizar os procedimentos de acordo com a necessidade dos segurados, e não de acordo com sua conveniência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Alfa vianna 25-01-2012 09:19
Olá, tenho meu plano há 1 ano e meio da Unimed, já fiz todos os exames e tenho os laudos dos medicos, tenho diabetes e pressão alta, peso 96.5. A unimed quer que eu cumpra 2 anos para fazer a cirurgia, eles podem me negar autorização, mesmo com essas doenças que descobri a pouco tempo. Sofro com minha pressão alta. O que posso fazer. Obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Alfa vianna 31-01-2012 02:39
[quote name="Alfa vianna"]Olá, tenho meu plano há 1 ano e meio da Unimed, já fiz todos os exames e tenho os laudos dos medicos, tenho diabetes e pressão alta, peso 96.5. A unimed quer que eu cumpra 2 anos para fazer a cirurgia, eles podem me negar autorização, mesmo com essas doenças que descobri a pouco tempo. Sofro com minha pressão alta. O que posso fazer. Obrigada
todos os exames e tenho os laudos dos medicos, tenho diabetes e pressão alta, peso 96.5. A unimed quer que eu cumpra 2 anos para fazer a cirurgia, eles podem me negar autorização, mesmo com essas doenças que descobri a pouco tempo. Sofro com minha pressão alta. O que posso fazer. Obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:04
Alfa Vianna,

A não ser que esteja caracterizada alguma emergência ou urgência, a carência tem que ser obedecida.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# eduardo gobatti 25-01-2012 13:07
boa tarde,meu medico me indicou uma cirurgia bariatrica,mas o convenio a cada dia pede uma documentaçao diferente...e eu sempre arrumo.
agora por ultimo me pediu alem do pedido do cirurgião,um relatorio medico de um cardiologista,u m psiquiatra e endocrinologist a.
será que é necessario?
ou eles fazem isto para a pessoa cansar e desistir da cura da doença?
obrigado
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:09
Eduardo,

Normalmente eles fazem estas exigência para comprovar o tratamento clínico anterior, conforme recomendado pela ANS, e, infelizmente, às vezes com intuito protelatório.

Contudo, a Resolução Normativa 259 da ANS define prazos máximos para autorização de procedimentos. Se este prazo for ultrapassado sem justificativa, existe aí uma ilegalidade.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Juliana Ribeiro 25-01-2012 13:54
Bruno,
Meu caso é pouco diferente dos demais. Eu fiz o plano em 08/2010, para cobrir despesas de exames da cirurgia bariátrica, que fiz particular. Após os 02 anos de plano, eu tenho direito às cirurgias plástica reparadoras? Só encontrei jurisprudência de casos que o plano cobriu a gastroplastia mas se recusou a cobrir a plástica. Obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:11
Juliana,

É realmente um caso um pouco diferente e incomum, mas entendo que, por ser a cirurgia reparadora um procedimento que visa a saúde (e não a estética), o plano deve cobrí-la independente de a cirurgia bariátrica ter sido realizada por terceiros.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# karina 25-01-2012 20:27
olá bruno urgente!!!!
preciso muito da sua ajuda foi feito um plano na empresa em que eu trabalho da clinipam dia 01/01/2012 com zero de carencia eu ja tenho encaminamento pra fazer a cirurgia e as guias de todos os exames pois iria fazer com dr wilson paulo no angelina caron pelo sus no ano que vem em setembro so que para adiantar a cirurgia pois nao ando bem queria fazer pelo plano mas eles querem que eu fassa 2 anos de acompanhamento antes da cirurgia e nao querem autorizar o que fasso pois ja fiz 2 anos de scompanhamento e ao consegui emagrecer meu imc e de 44 me ajude por favor o que fasso obrigada!!! karina
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:14
Karina,

Existe a recomendação de tentativa de tratamento clínico por pelo menos dois antes de optar-se pela cirurgia bariátrica.

Contudo, caso seu médico, por razões de saúde, recomende a cirurgia, acredito que o plano deva autorizá-la.

Além disso, se você já fez dois anos de acompanhamento o plano não pode te exigir que faça novamente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# lucia assis 29-01-2012 01:01
Boa noite. Gostaria que me explicasse como oter uma liminar para liberar cirurgia de hernia incisional e abdominoplstia pós bariatrica. PLANSFER, meu plano, não pode liberar pois não foi considerada grave e eu teria que aguardar outras que estariam na frente.Tenho 56 anos, tenho relatorios da gastro, da plastica, do psiquiatra, do cardiologista.Que tipo de açao devo entrar na justiça? Recebi o comunicado do plano, por telefone, dizendo que NAO estava negado e sim NAO LIBERADO; TEM DIFERENÇA? nO FINAL, ESTOU SEM PODER FAZER A CIRURGIA!!!!! Sei tb que o PLANSFER(Plano de Saude do Ferroviario) está em serias dificuldades financeiras mas sou usuario há trinta anos, com mensalidade sempre em dia e no plano maximo(R$1.097,00/mes). Podem alegar falta de dinheiro? Obrigada e aguardo ansiosamente sua resposta.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:16
Lucia,

Não existe previsão legal de "fila" para realização de procedimentos. Se existe a necessidade médica, o plano deve cobrir os custos.

Te aconselho a procurar um advogado de sua confiança para que, depois de estudar o caso, pode te indicar o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Nayara 29-01-2012 21:33
No momento de fazer o plano de saude, fui informada de que a Qualicorp- Soluções em Saúde, só aceitavam pessoas com imc de até 28, o meu imc na época era de 37.9. Naquele momento a corretora me disse que colocaria meu peso bem abaixo que assim passaria, no momento não vi problemas afinal precisava de um plano de saude. Pois bem ela diminuiu meu peso na declaração de saude e optei pela sulamérica... Passado oito meses, tentei a cirurgia bariatrica e não consegui. Ja vou completar 10 meses de plano e so frustração, atualmente com imc 40.1, o plano se recusou a cobrir e disse que ainda vai me processar por fraude.... O que devo fazer? Ainda posso ter esperanças de que o plano cubra?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:21
Nayara,

Temos várias situações aqui: uma é que o plano não pode escolher não aceitar pessoas com determinado peso ou IMC, pois isso seria discriminação. O que ele pode é estabalecer preços e condições para atender a determinado grupo de pacientes com características em comum.

Outro ponto é sobre os dados informado na hora da contratação: não se deve fazer ou aceitar qualquer tipo de alteração nestes dados, pois isso é realmente uma fraude. Mesmo que feita pelo corretor, se o consumidor tem conhecimento dela e concorda fica caracterizada a fraude.

Em razão disso, é bem provável que a negativa dada esteja dentro da lei.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Nayara 02-02-2012 18:46
Bruno,
Obrigada pelos esclarecimentos !
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Germana Miranda 30-01-2012 10:05
Olá, Bruno, bem eu tenho imc 37, mas já tentei de tudo pra emagrecer e não consigo, pior a cada dia que passa engordo mais.... bem até o momento não apresento nenhum problema decorrente da obesidade (até o momento), e gostaria de iniciar um plano na unimed e daqui a dois anos que o tempo de carência fazer a cirurgia de estomago, eu tendo autorização de 3endocrinologist a e pssiquiatra que estou apta a fazer tem perigo de não ser aceita, nas condições que estou hj???
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:23
Germana,

Eles não podem te recusar em razão de seu peso ou IMC, pois isso seria discriminação.

Feito o plano e aguardado o prazo de carência, não devem haver impedimentos para a realização da cirurgia se houver indicação médica para tanto.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# daiana 30-01-2012 15:44
oi preciso de ajuda,eu tinha plano da proclinja faz 06 meses dai resolvi mdar pra clinipan eles vao comprar a carencia da proclin,preciso fazer a reducao de estomago to com 138kg sera que a clinipan ira cobrir?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:25
Daiana,

Verifique, com toda certeza, se todas as carências (ou especificamente a para realização da cirurgia bariátrica) estão sendo compradas.

Se estiverem, não poderão negar a cirurgia, mas é preciso verificar o contrato com todo cuidado.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# maria 30-01-2012 19:31
boa noite. eu tenho um plano de saudade empresarial cobertura nacional unimed gostaria de saber se ele cobre cirurgia reparadora fiz a bariatrica pelo sus a 3 anos barriga, pernas ,braços e seios ficaram com muitas peles oque devo fazer ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:27
Maria,

Cirurgias reparadoras devem ser cobertas, já que visam sanar problemas relacionados à saúde, e não à estética.

Assim, independente de quando ou por onde você realizou a bariátrica, entendo que o plano deve autorizar a reparadora.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Alfa vianna 31-01-2012 02:48
Por favor me responda, preciso de sua ajuda.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:29
Respondido!!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# daniela da silva 02-02-2012 15:50
gostaria muito de uma ajuda sou portadora de obesidade morbida,pre diabetica e tenho o colesterol alto,gostaria de saber se a unimed pode recusar meu pedido de bariatrica,e se negar o que devo fazer me ajude obrigada!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-02-2012 17:28
Daniela,

Para te responder precisaria de mais detalhes, como IMC, tempo e tipo de plano, se existe recomendação médica e/ou comorbidades...

Mas lembro que qualquer resposta que te der aqui é apenas hipotética, pois um parecer seguro só é possível após uma análise detida do caso.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# daniela da silva 02-02-2012 19:30
dr bruno me desculpe por nao ser tao especifica pois tenho 1.67 de altura e 114.00kg com imc 41 sou portadora de pre diabete, colesterol alto e fortes dores nas costas e tenho meu plano de saude que e a unimed a quase 15 anos e estou preocupada se unimed vai autorizar minha cirurgia pois a seleçao para entrar no grupo e muito rigorosa sendo que varias pessoas que conheço teve o pedido negado estou muito preocupada e se eu nao conseguir o que devo fazer por favor me oriente estou muito deprimida com essa situaçao
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 13:56
Daniela,

Pelo seu relato, parece que você preenche os requisitos exigidos para a realização da cirurgia, de forma que, a princípio, ela não deveria ser negada pelo plano.

Se for, o ideal é que você procure um advogado de sua confiança (e com conhecimentos em Direito da Saúde) para que ele possa analisar e avaliar o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ramilly 03-02-2012 09:13
Bom Dia Bruno, gostaria q vc me tirasse uma duvida
é o seguinte eu aderi ao plano de saúde so saúde aqui de bh, e o plano barrou minha cirurgia bariatrica pelo fato de existir carencia, bom procurei um advogado para entrar com uma liminar na justiça para liberação da cirurgia, o problema é que o advogado disse que não poderia entrar com essa liminar se eu nao tivesse laudos medicos dizendo que tenho emergencia e urgencia na cirurgia, o que acontece é que tenho todos os laudos pedindo a cirurgia e dizendo que tenho indicação sim pra cirurgia bariatrica uma vez que tenho 1.61 de altura e 150 kg IMC 57, mas nenhum dos laudos estão pedindo urgencia, o juiz pode não liberar a cirurgia?

Obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 13:59
Bom dia Ramilly,

Por não conhecer os documentos fica difícil te dar um parecer preciso. E, ao que me parece, a orientação que você reccebeu foi correta, pois o fato de existir a indicação para a cirurgia não obriga o plano a realizá-la se ainda estiver no prazo de carência.

Eles só serão obrigados a autorizar dentro deste prazo se ficar configurada situação de urgência ou emergência, pois, nestes casos, a carência é de apenas 24 horas.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Alexandre Gonçalves 03-02-2012 13:20
Boa Tarde, tenho 30 anos 1.80m 168 quilos o que me dá um imc de 51,85. Tenho gordura no figado. Sou de São Paulo.

Não tenho outra doença associada. somente dores nas articulações e principalmente nos joelho e minhas costas.

Gostaria de Saber se a Sulamerica saude pode recusar a cirurgia. Meu Plano é Especial com o produto 592.

Gostaria de saber, pois se eles negarem estou pensando em pagar a cirurgia do meu bolso e depois entrar na justiça para reaver meu dinheiro.

Poderia me ajudar :

Att;
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:02
Alexandre,

Se o seu plano for particular ou familiar e você ainda estiver dentro do prazo de carência ou não houver indicação médica para ela, a cirurgia poderia, a princípio, ser negada.

Se o seu caso não for um desses dois, te oriento a procurar um advogado de sua confiaça para que analise os documentos e te indique o melhor caminho, vez que existem meios jurídicos para que você realize a cirurgia (se preenchidos os requisitos legais) sem ter que pagar por ela primeiro.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Renata 05-02-2012 23:51
Boa noite!
Bruno primeiro obrigada por ajudar todas nos com suas respostas!
Então estou terminando meus exames e nao vejo a hora de consseguir minha cirurgia meu IMC e de 42,5 tenho laudos de artrose nos 2 joelhos e tem dias que acho que nao vou andar de tanta dores! Sofro muito com tudo isso! Meu plano é da Unimed mais estou em carencia e meu plano é empresarial, parcial e a carencia termina dia 29 de abril sera que teria alguma forma pra mim consseguir esta liberação antes de abril ???? Me ajude!!!! Nao tenho condições de pagar esta cirurgia sou operadora de caixa! Beiju aguardo ansiosa pela tua resposta!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:17
Boa tarde Renata,

Se ainda está na carência e não existe situação de urgência ou emergência (como parece ser o caso), você realmente terá que aguardar o término desta.

Mas se o seu plano empresarial tiver mais de 30 funcionários, não pode ser exigida carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Laura Miyagawa 13-02-2012 16:58
Boa Tarde!

A minha mãe tem obesidade mórbida e preenche todos os requisitos para a cirurgia mas o plano de saúde insiste em cobrar algo em torno de dez mil reais pelo procedimento. Quais os caminhos legais devo percorrer? Preciso de ajuda, por favor.
Obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:19
Boa tarde Laura,

A cobrança de qualquer valor além da mensalidade é ilegal em qualquer situação. A operadora é obrigada a cobrir todos os gastos do procedimento, inclusive materiais e honorários médicos.

Neste caso, você deve procurar um advogado de sua confiança ou o Juizado Especial (recomendo o primeiro) para garantir seus direitos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Carolina Moura 16-02-2012 10:35
Bom dia,
Bruno eu estou com o imc de 35, tenho 2 hérnias de disco, hérnia e hiato, refluxo, já uma leve esteatose devio colesterol e trigliceredes alto. Sinto dores por todo corpo e cheguei ao ponto de tomar rivotril para conseguir dormir.Já estou com o encaminhamneto do enocrino e do ortopedista. Fui ao cirurgião ontem ele me passou com muita má vontade os exames ré operatorios e já dizendo q não irei conseguir. O que vc acha, será que a pericia pode negar? Na minha região só esse medico é autorizado pra fazer a cirurgia, ele queria que eu pagasse pra ele. Ou seja, tenho indicação pra fazer particular e não tenho pelo plano? Como isso funciona? Sem contar que meu pai eh cardiopata grave, em menos de um ano colocou 2 estent e na proxima semana ta ino pro 3°, foi compravodo q o problema dele eh genetico e o gastro da minha cidade falou que minha genetica eh igual a dele.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:21
Carolina,

Se existe indicação médica para a cirurgia e você não está dentro do prazo de carência, não há razões para negarem seu pedido.

Se isto acontecer, sugiro que procure um advogado de sua confiança para verificar qual o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ana 21-02-2012 02:47
bom dia,

eu tenho imc 35,7 finalmente achei um medico que disse que me opera ele falo pra mim nao preocupar com a liberação do ipasgo ... so que se o ipasgo nao liberar pq eu nao tenho doença nem uma asociada ao peso e se o ipasgo nao liber vo gastar dinheiro atoa com psicologa que so pode ser particular que ele indica e essas coisas que agente sabe que existe.. sera que pelo meu imc nao ser tao alto o ipasgo pode se recusar e eu perder todo o dindin que ja gastei?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:27
Ana,

Acredito que seja difícil que o plano autorize no seu caso, pois parece que não se encaixa nos eventos de cobertura obrigatória.

Nestes casos, o tratamento indicado é o terapêutico.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ana 22-02-2012 15:21
Boa tarde, Bruno meu IMC É DE 35, MAS TENHO HERNIA DE DISCO, TOMO MEDICAMENTO PARA TIREÓIDE, E JA NASCI GORDINHA, QUANDO FIZ O PLANO UNIMED EU ESTAVA APENAS GORDA AGORA JA ESTOU OBESA, O MEDICO ORTOPEDISTA DISSE QUE PRECISO FAZER ESTA CIRURGIA PARA MELHORAR AS DORES DA COLUNA MAS MINHA UNIMED NÃO TEM UM ANO AINDA, SEGUNDO INFORMAÇÕES OBTIDAS COM ADVOGADO CONSIGO A LIBERAÇÃO POR SE TRATAR DE PEDIDO MEDICO E DEVIDO O AGRAVAMENTO DA COLUNA O QUE ME DIZ?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:28
Ana,

Difícil te responder sem conhecer os detalhes do caso, estudar os documentos, etc. Mas como você já tem o parecer de um advogado que estudou o caso, acredito que deva seguir o que foi por ele dito.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Aline 25-02-2012 16:58
Boa tarde Bruno.
Estou desesperada. Aderi a Unimed pela Qualicorp em novembro de 2010, quando meu peso ainda estava normal. O corretor alegou que não haveria carÊncia (apenas para partos).Agora estou com IMC 46.85,124 kg,1,64 m e calculo na vesicula. Fiz todos os exames e os atendentes da Unimed e da Qualicorp me disseram q só posso operar em novembro, mas meu quadro é grave, minha obesidade é mórbida e eu tenho 28 anos. O que fazer mediante a negação da Unimed em liberar a Gastroemplastia por video e a cirurgia para a remoção da vesícula?
Desde já agradeço o que puder esclarecer.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:30
Aline,

Este prazo de carência de 24 meses é apenas para doenças pré-existentes. Como este não parece ser o seu caso, de acordo com seu relato, acredito que o plano deva autorizar a realização da cirurgia.

Caso não consiga pelas vias administrativas , deve procurar um advogado de sua confiança para definirem o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# silvana 26-02-2012 22:47
Olá Bruno..
Estou desesperada,poi s tenho um plano de saúde deis de 2009 que é o Greenline,pois fiz corretamento tudo certinho passei no endocrinologist a,psicologo,car diologista fiz todos os exames,minha cirurgia estava agendada para o dia 06/02,mais não liberaram pelo procedimento de videolaparoscop ia como o medico escreveu na guia,por falta de material,e minha cirurgia foi agendada novamente e só está liberada o procedimento aberto e naõ querem liberar por video, dizem que tem que esperar a auditoria...como proceder neste caso não posso esperar mais e tambem e uma transtorno pois estarei de ferias pra realizar a cirurgia...
Deis de ja agradeço pela atenção
Att.
Silvana Alves
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 28-02-2012 14:32
Silvana,

O palno de saúde não pode escolher qual o método adequado, já que isso cabe exclusivamente ao médico.

Assim, e para evitar que tenha que ter sua cirurgia novamente remarcada, sugiro que procure um advogado de sua confiança para buscar uma autorização judicial para a realização do procedimento.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# cassiane 28-02-2012 16:47
Boa tarde!!!!!Adqui ri o plano unimed em outubro de 2010 e desde então estou em tratamento para cirurgia.Moro no interior e quando eu liguei na unimed me informarão que minha cirurgia libera em janeiro de 2012.Fazem 6 meses que faço acompanhamento com psicologa e nutricionistas particulas já que o plano não cobre vou toda semana e tenho que pagar um valor simbólico cada sessão e além de tudo isso na minha cidade não tem medícos pra esse tipo de cirurgia tenho que ir em outra cidade e gasto gasolina e pedagio toda semana pra isso.Agora estou terminando o tratamento já com todos papeis na mão,o que eu faço se meu pedido for negado,pois eu só comecei o tratamento pq fui informada que em janeiro iria liberar,pq senão eu terei o maior prejúizo!!!!!!M uito obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 16:49
Cassiane,

Se você preenche os requisitos legais e, ainda assim, a cirurgia for negada, você deve procurar o Poder Judiciário, de preferência através de um advogado de sua confiança.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rosana 28-02-2012 22:29
Olá Bruno boa noite...
Eu fiz o plano amil empresarial, e quando o consultor do plano foi na empresa informou que a amil não iria aceitar o meu peso, assim recusando o plano de todos da empresa, então ela colou outro peso no contrato praticamente fui obrigada a aceitar esse acordo... Enfim, tenho 1,70 e 123 kg, e pretendo fazer a cirurgia bariatrica, pq não aguento mais de dores nas pernas e costas. Eu já fui indicada pelo um medico para a cirurgia mais como eu perdi o plano foi em vão o tratatamento. Eu quero de qualquer jeito entrar com o pedido pra fazer a cirurgia, como devo proceder? o Dr. acha que eu consigo ganhar essa batalha, ou nem adianta eu continuar pagando o convenio??? O Dr. pode me ajudar???
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 16:52
Rosana,

É difícil te dar uma orientação precisa sem saber de todos os detalhes do caso.

O mais aconselhavél é que você faça o pedido de acordo com a indicação médica e, sej for negado, procure um advogado de sua confiança para estudar bem o caso e te dar a melhor orientação.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Marília Albuquerque 29-02-2012 08:09
Bom dia!adqui o plano Saúde Excelsior no dia 11/05/2010com peso 90,00k e altura de 1,70 IMC de 31'1 fui indicada para cirurgia bariatrica por obsidade morbida e com fatores de risco como pressão alta,colesterol alto e outros fatores com 117,5k com1,64 de altura IMC de42,5 não autorizaram dizendo se tratar de pre existente voltei ao meu médico pedi um laudo médico falando da minha necessidade e la no plano falou que presisava de dados que me favorecece.o que faço se sei que estou no meu direito só falta 2 meses para fazer 24meses de plano quando eles dizem que vou ter direito mas sei que tenho direito agora!!!obrigad a aguado resposta com urgencia
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 16:56
Marília,

Pelo o que você descreve, seu caso não poderia ser tido como pré-existente, pois quando voc~e aderiu ao plano seu IMC não indicava obesidade mórbida.

Se você não deseja esperar estes dois meses, o caminho a ser seguido é o judicial.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rose 01-03-2012 13:32
OLá,meu plano de saude Unoimed paulistana recusou minha bariatrica alegando doença preexistente mas quando fiz o plano não passei em medico e na declaração nao consta doença o que devo fazer?Já pago a um ano eles alegam que tenho que pagar 24 meses.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:08
Rose,

O ônus de provar que a doença é preexistente é do plano de saúde se este não fez nenhum laudo antes da assinatura.

De qualquer forma, para que você possa provar seu direito, basta levar exames/laudos anteriores que demonstrem a inexistência de obesidade mórbida.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rosemary 31-03-2012 12:32
Vc acha que se entrar com um processo ganho?tem um telefone para entrar em contato?Grata.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# waleria 06-03-2012 11:42
oi gostaria de saber se o plano unimed pede alguma carencia para a cirurgia bariatrica e se cobre??me respondam por favor.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:09
Waleria,

Normalmente os planos existem carência de 24 meses para doenças preexistentes, mas o ideal é que verifique diretamente com o plano.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Angélica Silva 06-03-2012 14:45
Boa Tarde Bruno..
Ah mais de 20 anos tive um plano de saude atraves do trabalho de meu pai , completei a maior idade e fui suspensa voltando 1 depois ao mesmo tive carencias atribuidas porem sempre fui obesa e agora estou com obesidade morbida grave ... me limitando assim a minha vida em todos os setores gostaria de saber se eu tiver que buscar meu direito a vida o juiz pode negar?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:11
Angélica,

É preciso de saber maiores detalhes para te responder melhor.

De qualquer forma, todo plano é obrigado a arcar com os custos da cirurgia bariátrica, inclusive por vídeo, pois consta do rol de coberturas obrigatórias da ANS.

A restrição que pode ter é a exigência de cumprimento de carência de 24 meses para doenças preexistentes.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# lia 06-03-2012 21:21
fiz cirurgia bariatrica a 4 anos atraz tinha 126.800 hoje 72,sobrou muita pele abdomem em avental meu plano da unimed é co participativo a unimed é obrigada a cubrir?o que devo fazer?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:14
Lia,

Sendo a cirugia reparadora, como parece ser seu caso, a Unimed teria que cubrir sim.

Para tanto, você tem que fazer o pedido de autorização junto ao Plano, seguindo os procedimentos adminsitrativos .

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# graziela 07-03-2012 15:30
Entrei no lano se saude da Unimed Empresarial há 4 meses, respondi apenas aquele questionario de saude, minha carterinha veio com restrição até dez de 2013, porém estou com algumas complicações e preciso urgente da cirugião pois meu IMC está 63,2. Existe um meio de antecipar essa carencia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:18
Graziela,

Se o procedimento indicado for de urgência ou emergência o prazo de carência é apenas de 24 horas.

Mas esta situação tem que ficar configurada pelo médico.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# adelita 08-03-2012 16:58
ola estou com os laudos dos medicos em maos para levar ao cirugiao ,mas meu plano da unimed e ambulatorial da empresa onde meu marido trabalha. gostaria de saber se a unimed tem que cobrir a cirurgia mesmo o meu convenio sendo ambulatorial. obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Josy 16-03-2012 01:50
quando fez meu plano tinha 75kg e 1,62 e depois de 5meses estou com 92 kg e 1,62 o medico no laudo achou melhor fazer bariatrica sera que consigo com a carencia de 6 meses.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 18:07
Josy,

Não sendo preexistente, não teria porque ser negada.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Daiani 22-03-2012 06:50
Olá Bruno! Eu ainda não tenho plano de saúde, mas farei um empresarial, no caso da minha empresa existe mais de 50 vidas aderentes ao plano, a carência a qual a lei se refere é só referente ao tempo ou também a doenças pré existentes? Pois já sofro de obesidade mórbida, 1,68m e 114kgs. Isso quer dizer que seguindo o raciocício da lei eu poderia ao contratar o plano , informar meu peso correto, que conseguindo a indicação do médico pela cirurgia eu poderia conseguir operar? Obrigada!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:23
Daiani,

Ao contratar o plano você DEVE prestar todas as informações corretas.

E como é plano empresarial com mais de 30 vidas (agora diminui para 30), não há carência, inclusive para doenças preexistentes.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ivanilde Teixeira 22-03-2012 11:12
olá Bruno, aqui em São Luis -MA há o Hospital Universitário Presidente Dutra q faz a cirurgia bariatrica gratuitamente pelo SUS, porém existem pessoas q estão na fila com guia de internação na mão há mais de 5 anos e o hospital nao chama. Todas as vezes q vamos lá eles dão uma desculpa dizendo q nao tem equipamentos, q a equipe de médicos está incompleta etc porém o mais grave dessa situação é q há cerca de 4 anos ninguém da fila foi chamado para a cirurgia estamos todos esperando morrendo a mingua e o hospital não nos dá uma resposta coerente só dizem: este ano começarão as cirurgias e o ano termina e nada. Não sabemos a quem recorrer pois não acreditamos q sendo esse o único hospital credenciado p fazer a cirurgia gratuitamente pode ficar durante anos, sem efetuar um unico procedimento cirurgico dessa natureza pois todas nos estamos esperando há anos e a fila não anda. Por favor me oriente o que devo fazer? a quem recorrer
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 23-03-2012 17:25
Ivanilde,

Como se trata de um hospital público e atendimento pelo SUS, acho que o melhor caminho seria recorrer ao Ministério Público para que ele verifique o que realmente está acontencendo.

Outra saída seria procurar alguma entidade de defesa do consumidor para que apresente uma ação coletiva.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Lu 27-03-2012 17:27
Dr. Bruno, boa tarde!
Fiz meu plano de saúde (sulamerica em Julho)...porém só possuo carência para parto e não para cirurgias e demais. Quando fiz meu plano de saúde, o corretor colocou o peso na base, e não na realidade. Pois bem, tenho histórico de depressão, estou engordando muito...a ansiedade, auto estima baixa, estão me prejudicando... além de gordura no fígado... dores na coluna e na perna. Com todos os exames pronto fui da entrada no hospital para fazer minha cirurgia, e a SulAmerica negou meu pedido. Exigiu que eu só poderia fazer minha cirurgia se eu estivesse com IMC de 40. Sendo que eu ESTOU... meu IMC está em 40,38 e mesmo assim me negaram. Então, gostaria de entrar com uma causa...
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Lu 27-03-2012 17:28
Continuação... liminar para poder fazer tanto essa cirurgia... é como vi acima... eu não desejaria colocar minha vida tanto em risco por estética...só quem é gordo sabe por tudo que passa....eu sinto falta de ar...não aguento mais subir uma ladeira que penso que vou da um troço...fora os roncos e dentro de outras complicações. Enfim, não sou uma gorda feia... ++sei que se eu tiver um filho...de 105 kg vou explodir e bater na casa dos 140kg, do jeito que estou, não paro mesmo de engordar...eu ando desesperada, não durmo mais direito devido a essa agonia que está minha vida...escolhi não trabalhar para ter tempo de fazer todos os exames, consultas e etc e agora na altura do campeonato ser negada. O senhor, pela experiência que tem, o que me diz?! É uma causa ganha?? Pois, quero pedir uma indenização... pq assim tenho como pagar o advogado...me responda...
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Lu 27-03-2012 17:28
Continuação))... preciso do seu auxílio..da sua luz... é desesperador, desanimo total...querer algo,pagar em dias e não poder. Aguardo resposta! Abraços.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-03-2012 16:25
Lu,

Nao existe causa ganha, mas pelo o que você contou, parece que realmente a negativa do plano de saude foi irregular.

Acredito que você deva procurar um advogado de sua confiança para que ele, depois de estudar os documentos, possa te indicar o melhor caminho a seguir.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Daiani 29-03-2012 07:16
Bruno bom dia! Fiquei pasma ao saber que o convênio pode rejeitar um paciente por excesso de peso é verdade? Isso é legal?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 02-04-2012 09:49
Daiani,

Não, nenhum plano pode rejeitar um cliente por ele ser gordo, velho ou possuir qualquer tipo de doença.

O que ele pode fazer é exigir o cumprimento de carência para doenças preexistentes e/ou cobrar uma mensalidade maior em virtude do "risco" que o cliente representa.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Késsia Correia 29-03-2012 12:08
Bom dia, Bruno!

No meu caso, a obesidade é grau 3, o último grau. Sinto dores na coluna, articulações, meu colesterol está alterado. Minha vida está parada!
O cirurgião indicou a cirurgia como tratamento terapeutico.

Meu plano é UNIMED NACIONAL, mas ainda irei completar um ano de carÊncia no mês de Agosto.
Minha obesidade é pré-existente, entretanto não constou no contrato, a Unimed não procurou saber.
A cirurgia está marcada para o dia 12, estou com laudo do médico,está tudo certo para o procedimento, mas pelos relatos que vi tem essa maldita carência, no meu caso eles vão negar? Posso recorrer?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-03-2012 16:30
Kessia,

Realmente existe a possibilidade de negarem em razão de ser uma doença preexistente. Mas de qualquer forma, nao basta que a obesidade seja anterior ao contrato, se as complicações forem posteriores ou implicarem em uma urgência/ emergência nao poderia ser alegada preexistência.

Um abraço
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Josy 03-04-2012 09:22
oi Bruno bom dia, olha quando eu fez o plano eu tinha 75kg 3 1,62 altura nessa situacao tenho doenca preexistente?, agora depois de 5 meses sem trabalho preocupada fui fazer exames deu trigliceridios muito alto e tenho 92kg e 1,62 sera que consigo minha bariatrica?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-04-2012 19:04
Josy,

Seu IMC anterior não indica obesidade mórbida, razão pela qual não há que se falar em doença preexistente com relação a ela.

Para saber se a cirurgia bariátrica é indicada para o seu caso, voc~e deve procurar um médico, que lhe fará um diagnóstico. Se a recomendação dele for a realização da cirurgia, você deve solicitá-la ao plano de saúde.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# munike 11-04-2012 15:19
olá Bruno

antes de fazer o plano da unimed eu era cheinha 88 kg tentei várias dietas e nada então fui tomar fórmula e perdi tanto que fiquei feliz com 71kg parei a fórmula e fiz a unimed fui engordando tanto que cheguei a 114 kg meu imc inicial é 41 meu médico fez todo um tratamento vários exames a´té que com 1 ano de plano chegou finalmente o dia de levar a documentação e dar entrada, dei a entrada e no dia seguinte chegou um telegrama alegando q minha doença é pré existente e que burlei o contrato e deveria responder novamente as questões do sim e do não e ainda teria que esperar por 24 meses......só que no momento do contrato estava tomando a fómula.....meu mundo caiu estou mt triste...
devo correr a justiça? tenho algo a meu favor? estou mt perdida me passe informções.
agradeço desde já.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-04-2012 19:07
Munike,

É preciso verificar sua situação com calma, mas o fato é o seguinte: se quando você assinou o contrato com seu plano, você não sofria de obesidade mórbida, não há que se falar em preexistência.

Se for este o seu caso, acredito que você deva, sim, recorrer ao judiciário para defender seus direitos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# luciene 11-04-2012 19:40
Parabéns pelo forum Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-04-2012 19:08
Muito obrigado Luciene, fico feliz que tenha gostado!

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# diana 12-04-2012 01:09
boa noite , estou com uma duvida , estou no grupo para obesidade em meu convenio a 1 ano , nesse meio tempo pasei em algumas consultascom endocrina do sus onde amesma me deu encaminhamento para equipe de cirurgia bariatrica , convenio nao aceitou pois alega que nao tenho como comprovar os 2 anos de tratamentos anterios , meu imc e de 44,8 tenho 1.63 de altura conveniada desde 2007 sou diabetica hipertensa sinto dores terriveis nos tornozelos por conta do peso , gostaria de saber se saber se tem como euy entrar com uma açao contra o convenio para que eles me encaminhe para cirurgiao por que eles me negam ascesso a equipe de cirgia bariatrica pois so posso agentar algumas especialidades com encaminhamento desde ja agradeço
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 12-04-2012 19:10
Diana,

Se o seu médico indicou a cirurgia bariátrica como tratamento adequado para seu caso, o convêncio não pode, no meu entendimento, exigir que seja tentado tratamento terapêutico por 2 anos.

Por isso, acredito que você deva buscar seus direitos junto ao judiciário.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rodrigo Mello 13-04-2012 16:48
Caro Bruno gostaria de uma opiniao sua
fiz um plano da unimed junto com minha mae
em 07/2011 fui na unimed passei pela auditoria e me disseram que eu e minha mae
podiamos realizar a cirurgia bariatrica sem problemas mas agora depois de todos os exames e consultas prontas estao recusando afirmando carencia de 2 anos mas nao entendo porque só agora depois de todos procedimentos prontos eles negaram
ja que no inicio antes de qualquer coisa os procuramos e eles autorizaram eu e minha mae viajamos mais de 20 vezes para a cidade onde existe o procedimento estamos a quase dois meses sem trabalhar atras de tudo tivemos muitas despezas de combustivel alimentaçao nosso comercio ficou fechado por esse periodo e agora o que eu faço eeu tambem nunca tinha recebido meu contrato somente hoje que eles me entregaram por favor me ajude a tirar minhas duvidas
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:13
Rodrigo,

Sua indicação para a cirurgia é porque? Qual seu IMC? Existem comorbidades?

Na época que você fez o contrato com a Unimed estes fatores já existiam?

Sem estas informações não consigo te ajudar.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Cesar Andrade 13-04-2012 18:29
Nao sei como devo proceder qtoo a cirurgia do meu filho GASTROPLASTIA o medico já marcou e o plano de saude qualicorp unimed negou. nós ja pagamos o plano a mais de 1 ano e todos os exames estão prontos estão argumentando sobre doença pré existente se não tem que ter 2 anos de plano gostaria de ser orientado de que fazer e como moramos no Rio de Janeiro desde já obrigado Cesar Andrade.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:15
Cesar,

As mesmas perguntas para o comentário acima valem para o seu caso.

Fato é que, se o quadro de obesidade mórbida (e comorbidades relacionadas) já existiam na época de contratação do convêncio, realmente há de ser cumprido o prazo de carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Edielma Maria 15-04-2012 14:07
Tenho o plano América Saúde faz 1 ano qd assinei o contrato eu tinha sobrepeso com imc de 28, preenchi a declaração de saúde com todas as respostas (não) pq fazia algum tempo q não fazia exames e eles não exigiram perícia alguma o rapaz veio até minha casa pra eu assinar, porem minha altura ele colocou errada so vi isso a pouco tempo mesmo com a altura certa meu imc não passa de 28, agora depois de 1 ano estou com imc de 44 estou fazendo exames e pegando laudos inclusive do endocrino dizendo q ja fiz tratamento por mais de 2 anos sem sucesso. Será com um advogado consigo fazer a gastroplastia este ano ainda? Pois estou com varias comorbidades estou quase sem sair de casa por causa das dores nas articulações e a pressao que não baixa. Não vou aguentar esperar mais 1 ano a falta de ar não me deixa em paz, oq faço?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:17
Edielma,

Se não existia obesidade mórbida na época, não pode ser exigido o cumprimento de carência em razão disso.

Desta forma, acredito que deva, sim, procurar um advogado (de preferência especializado nesta área) para que estude seeu caso e te indique o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# marcivone 15-04-2012 20:01
Boa noite Bruno lemos eu tenho 41 anos, 1,67 de altura e peso 88,5 kilos e eu gostaria muito de colocar anel no estomago, mas me disseram que a unimed não cobre essa cirurgia eu gostaria de saber se é verdade, pois eu já cansei de tomar remedio o meu estomago n aguenta mas, ja fiz tudo conté tipo de dieta e n dá em nada por favor se puder me ajudar aguardo
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:23
Marcivone,

O qeu você deve fazer é consultar um médico para que ele te indique qual o tratamento adequado para seu caso.

Depois dessa indicação, faça o pedido de autorização junto ao seu plano. Se negarem, seria preciso verificar a razão da negativa para poder saber o caminho a ser seguido.

De qualquer forma, a cirurgia bariátrica é de cobertura obrigatória.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# adriana lacerda 17-04-2012 15:51
OLA BOA TARDE
TENHO 1,53 CENTIMETROS 104 KILOS,PASSEI PELO MEU MEDICO E ELE ME DISSE QUE ERA OBESA MORBIDA COM IMC DE 43,E FUI INDICADA PARA CIRURGIA BARIATRICA MAS O CONVENIO UNIMED ALEGA QUE TENHO 1 ANO DE CONVENIO QUE ELES CONSIDERAM DOENÇA PRE EXISTENTE E POR ISSO NAO POSSO FAZER A CIRURGIA ATE COMPLETAR 2 ANOS DE CONVENIO E DEPOIS AINDA TENHO QUE PROVAR QUE PASSEI POR OUTROS MEDICOS E QUE TENHO A DOENÇA A 5 ANOS.POR FAVOR ME AJUDE NAO SEI O QUE FAZER
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:26
Adriana,

SE você já tinha estas condições quando entrou no plano (obesidade mórbida e comorbidades), trata-se de condição préexistente. Do contrário, não.

Sobre a realização de tratamento terapêutico por (ao menos) 2 anos, isso vem de uma resolução da ANS, baseada em uma do CFM, mas não pode ser entendida, na minha opinião como lei.

Ao contrário, ela deve servir para orientar a normalidade dos casos, mas se o médico, estudando as condições epecíficas do paciente, entende, de forma justificada, que não poderia ser tentado este tratamento terapêutico anterior em razão de riscos à saúde, o plano não deve negar a cirurgia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Albeni 18-04-2012 09:18
Olá Bruno,tenho 34 anos 1,67 e pesso 141 kg,estou desesperada.tenho o convenio trasmontano a 7 meses e quando fiz ele tinha 105 kg,estou comesando acompanhamento médico para conseguir a cirurgia,mas tenho certeza q eles vao negar por causa da carencia,me ajude já não consigo andar sem dor,nem vida sexual eu tenho mais e não sei nem por onde comesar,depende ndo como eu deito nao consigo respirar e quandofaso qualquer esforço mue coração aselera,me ajude.Pesso que mande um email,mas não sei mexer direito na internet.Agradece desde já.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:28
Albeni,

Se estas condições de saúde realmente existiam na época que você assinou o contrato, realmente tem de ser cumprida a carência.

Mas sugiro que você procure um advogado de sua confiança para que ele, estudando seu caso, verifique se realmente é caso de preexistência ou não.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# sabrina 18-04-2012 10:22
ola me chamo sabrina tenho 1.62 de altura e peso 152 kilos e tenho 25 anos e tenho pressão alta e exporão calceneo ,vc sabe me infirma se o convenio da intermedica cobre essa cirurgia bariatrica aqui na baixada santista quais são os procedimentos..
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:30
Sabrina,

A cobertura da cirurgia bariátrica é obrigatória para todos os planos por determinação da ANS, desde que preenchidos os requisitos legais.

Para saber os procedimentos, entre em contato com o atendimento de seu plano que comcerteza saberão te informar.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Beatriz 21-04-2012 14:20
Olá peço a ajuda de vcs faz 7 meses que estou com o convenio sul america quando assinei o contrato me pediram para mudar meu peso com imc de 30 e me encontro com imc de 42 foi encaminhado para o convenio as solicitações para aguardar a autorização e foi negado por causa o imc ... por favor o que devo fazer
agradeço a atenção
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:36
Beatriz,

Se na época em que fez o plano seu IMC não configurava obesidade mórbida, não podem alegar doença preexistente.

É importante saber que cabe ao plano provar, quando alega doença preexistente, que a condição anterior existia no momento da contratação.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# sabrina 01-05-2012 10:04
ola Bruno 2nme chamo sabrina tenho 1.62 de altura e peso 152 kilos e tenho 25 anos e tenho pressão alta e exporão calceneo ,vc sabe me infirma se o convenio da intermedica cobre essa cirurgia bariatrica aqui na baixada santista quais são os procedimentos..
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:37
Sabrina,

Te respondi na sua pergunta anterior.

Se ainda tiver alguma dúvida, poste novamente, por favor.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rosiane 02-05-2012 21:19
Oi Bruno, tudo bem?
Procurei saber mais sobre a cirurgia bariátrica e me indicaram a fazer um plano UNIMED, procurei o vendedor de planos e ele me indicou o nacional ou o regional, no qual os dois tem as mesmas vantagens só diferenciando a quantidade de cidades que atendiam.Gostaria de saber se no caso o plano regional que é mais barato cobre a cirurgia. Pois sua mensalidade é bem menor. Já tenho obesidade mórbida e gostaria de saber se isso influencia na carência e se na entrevista devo dizer que já tenho colesterol alto e hipertensão???
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:45
Rosiane,

As duas modalidades são obrigadas a cobriar a cirurgia bariátrica, pois elea é de cobertura obrigatória.

Mas como você já tem obesidade mórbida, certamente vão te eixigir o cumprimento da carência.

Vários corretores constumam orientar as pessoas a omitir ou alterar informações quando da contratação de planos de saúde, mas não oriento, por razões óbvias, ninguém a proceder assim, pois além de não ser ético, é crime.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Amanda 07-05-2012 15:07
Olá Bruno, meu Nome é Amanda, tenho IMC 35,9 e doenças desencadeadas pelo peso elevado. Meu plano é DIX 200 e o médico que conheço que Opera Bariátrica informou que tinha que passar por um cardiologista ou endócrino e um deles me dar um laudo dizendo que eu preciso da cirurgia, já consegui esse laudo com meu cardiologista agora tenho que enviar pro plano para eles autorizarem. Tenho seis meses de plano quando aderi não era tão gorda e nem pensava em fazer. Você acha que eles vão autorizar? obrigada desde já.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:55
Amanda,

Provavelmente vão recusar em virtude da carência.

Se fizerem isso, você precisa verificar se, na época, você já tinha obesidade mórbida e se já existiam as comorbidades.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Renata Yamane 07-05-2012 19:18
Boa noite!
Bruno meu Plano é empresarial e minha carência
Terminou agora no dia 29 de abril
Fiz todos os exames meu imc é de 43 e tenho
4 laudos do ortopedistas dizendo que tenho artrose nos 2
Joelhos e que preciso emagrecer com urgente para colocar prótese e etc.... Tratar dos joelhos
A pergunta é eles podem me negar??? A liberação?
Se isso acontecer o que eu faço???
Bruno a Unimed cobre plásticas de correção da bariatrica???
Bjus!!
E muito obrigada!!!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 11:59
Renata,

Se a carência terminou e existe a indicação médica para a cirurgia, o plano não poderia negar.

Se isso ocorrer, é preciso primeiro saber o motivo da negativa para, depois, saber qual o caminho.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Josy 08-05-2012 10:40
Bom dia Bruno
hoje fui para uns dos exames da bariatrica e vi la uma colega e disse que teve que coloca o plano de saude para conseguir por que tinha so 8 meses e eles alegaram pouco tempo de plano pois na nossa carterinha tem 6 mese para cirugia o que voce me fala?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 12:01
Josy,

Se a carência do seu plano é de 6 meses e você já tem mais do que isso, eles não podem usar este motivo para negá-la.

Peça a liberação para a cirurgia e, se acontecer a negativa, será preciso verificar a razão para saber o que fazer.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Paulo Jung 12-05-2012 17:39
Olá, Bruno! Tentei escrever minha duvida detalhada aqui para que você possa entender, mas não deu certo, não enviava.
Então enviei direto para deu e-mail. Espero que tenha recebido e possa me retornar.
Fico no aguardo por sua opinião no e-mail
Abraço.
Sem mais...
Att.: Paulo Jung
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Anderson 16-05-2012 13:34
Olá Bruno e todos do forum, se aluém souber me responder ficarei grato estou indo em busca da cirurgia, estou na fase onde ainda vou passar pelo médico crirugião bariatrico, já consegui o encaminhamento pela endocrinologist a, pois além de possuir IMC 37, sou hipertenso, hipertensão esta que vem pelo alto peso, sofro com gordura no figado, a lato valores d acido urico, será que mei convênio cobrira tal cirurgia? Sou convêniado Unimed ABC.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 12:06
Anderson,

A resposta de sua pergunta depende de vários fatores como a indicação do médico, tempo de plano, sua condição de saúde quando o fez, etc.

O melhor é aguardar o pronunciamento do plano para, depois, verificar se a razão de eventual negativa está correta ou não.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# silvana 18-05-2012 17:51
boa noite bruno !!!quero tirar uma duvida meu plano é sulamerica imprezarial basico10 esento de carencia fis todos enzames para cirugia bariatrica todos deram ok air dei entrada no hospital com o pedido mas o plano me pediu curvatura de peso mas so tenho dois meses de tratamento com minha imdoncrino mas ela me endicou para cirugia estou comedo de meu plano me negar porcauza de nao ter 2 anos de tratamerntocom a indoncrino mas nem o sus nao pedi isso!!sera se o plano de saude me negar eu posso entrar na justisa comtra meu plano de saude ??
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 13:14
Silvana,

Existe uma resolução da ANs, baseada em uma do Conselho Federal de Medicina (CFM) que recomenda a realização de ao menos 2 anos de tratamento terapêutico antes da bariátrica.

Mas esta resolução é, no meu entendimento, uma recomendação, não podendo ir contra o prescrito pelo médico como tratamento ideal.

Ou seja, se para a preservação da saúde do paciente, em razão dos riscos envolvidos, o médico entende que a é o caso de realização da cirurgia bariátrica, o plano não poderia negá-la.

Portanto, acredito que você deva procurar um advogado de sua confiança para que ele, estudando todos os documentos, te oriente sobre o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ANGELICA 23-05-2012 10:41
BOM DIA BRUNO EU GOSTARIA DE SABER EU TENHO O PLANO 9 MESES MEU IMC É 42 AGORA QUANDO EU FIZ O PLANO LISTARAM PRE EXISTENCIA DE 24 MESES MAIS ESTOU COM PRESAO ALTA PROBLEMAS NO CORAÇAO MEU PLANO É UNIMED CASCAVEL SERA QUE ELES PODEM NEGAR E TEM COMO EU RECORER O QUE DEVO FAZER ME AJUDA BRUNO ME RESPONDE
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 13:17
Angélica,

Se existe risco grave e imediato para sua saúde, caracterizando situação de urgência ou emergência, não pode ser exigida carência de 24 meses, pois a carência para essas situações (urgência e emergência) é de 24 horas.

Do contrário, se é uma condição preexistente, realmente seria necessário aguardar o término do prazo.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# thalita 23-05-2012 17:38
BOA TARDE, BRUNO... SOCORROOOO!
TENHO UNIMED PAULISTANA A 10 MESES E AGORA ESTOU SOLICITANDO AUTORIZAÇÃO DE BARIÁTRICA E ESTÃO ALEGANDO PRE EXISTÊNCIA COM CARÊNCIA DE 2 ANOS. SÓ QUE QDO ENTREI NAO TINHA OBESIDADE MÓRBIDA, HJ ALEM DE MÓRBIDA, TENHO DORES NA COLUNA, JOELHO, FALTA DE AR QDO ANDO COM CRISES DE PRESSÃO ALTA.TENHO LAUDO DO CARDIO E DO ORTOPEDISTA. QDO FALEI EM ADVOGADO ELES ME PEDIRAM PARA PEDIR UM LAUDO DETALHADO DO MEDICO E LIGAR NA CLINICA DE MEDICINA PREVENTIVA DE SÃO PAULO. SÓ QUE SOU DE CAMPINAS. BOM ANTES DE CONTINUAR RESOLVI TE PROCURAR PARA SABER SE A REALMENTE ESTOU CERTA. O QUE DEVO FAZER? GRATA
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 05-07-2012 14:25
Thalita,

Acredito que você esteja certíssima, pois como você não tinha obesidade mórbida na época da assinatura, não existe doença preexistente.

Se não liberarem administrativam ente, acredito que deva procurar um advogado de sua confiança para conseguir esta autorização judicialmente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ANDRE LIMA 25-05-2012 01:27
BOA NOITE!!!
PREZADO BRUNO.
SOU ADMIRADOR DE SEU TRABALHO,E VENHO AQUI SOLICITAR UMA INSTRUÇÃO SUA,EU TENHO 32ANOS ALTURA 1,82 PESO 155KG,POSSUO O PLANO SULAMERIA PELA QUALICORP DESDE 20/10/2011,JA PASSEI POR TODAS AS CON SULTAS QUE SE PRECISA PARA SE FAZER UMA BARIÁTRICA,ENTR EI COM O PEDINO PELO HOSPITAL APOS PEDIDO DO MEU MÉDICO,MAS O PLANO NÃO AUTORIZOU ALEGANDO PRE-EXISTÊNCIA,MAS QUANDO ASSINEI O CONTRATO EU TINHA132KG E FOI INFORMADO.
PEÇO SUA AJUDA,POIS NÃO SEI O QUE FAZER.
DESDE JÁ AGRADEÇO
GRATO
ANDRE LIMA
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 13:22
Obrigado André, bom saber que estamso conseguindo auxiliar de alguma forma.

Sobre seu caso, se você não tinha obesidade mórbida antes de assinar com o plano e se esse é o fator que fez seu médico indicar a cirurgia (a morbidade), acredito que não há que se falar em preexistência.

Te aconselho a procurar um advogado de sua confiança para que ele possa tomar as medidas cabíveis depois de estudar os documentos.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Adriana Mapi 29-05-2012 12:28
Olá Bruno, gostaria de saber como proceder,sou associada á minha empresa e tenho o plano de saude unimed empresarial desde set/10, no decorrer do contrato adquiri hernia de disco, levando inclusive a afastamentos por saude devido a obesidade morbida, necessito perder peso inclusive devido ao problema na coluna, meu imc é 47, peso 128kg. Com o laudo e pedido dos medicos em mãos, procurei o plano ja que esse me exige alem das sessoes psicologicas, um curso pre-operatorio e fui informada q a cobertura da cirurgia somente se daria em setembro de 2013, ao que entendo mesmo q com a alegaçao de doença pre existente o prazo deveria ser de 24 meses não é?sendo assim, como poderia proceder?agradeço. Adriana.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 13:26
Adriana,

Sim, o prazo máximo de carência é de 24 meses.

Persistindo esta negativa e em razão dos problemas de saúde que o sobrepeso vem lhe trazendo, acredito que você deva procurar o judiciário, pois parece que será a única forma de solucionar seu problema.

Ressalto que a negativa por motivos desarrazoados (como exigência de carência maior do que 24 meses) pode ser até entendida como causa de danos morais.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# michelle 30-05-2012 01:33
Ola Bruno me ajuda, eu sou obrigada a assistir palestras estipuladas pelo convenio pra eles poderem liberar a bariatrica? ou eu posso recusar? Existe alguma lei ou norma da ANS q nos obriga a participar dessas palestras antes de cirurgia, palestras q demoram de 6 meses ha 1 ano, sendo a o procedimento pra conseguir a cirurgia ja é hiper demorado.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 31-05-2012 13:30
Michelle,

Existe uma resolução da ANS, baseada em uma do CFM, que diz ser adequada a tentativa de tratamento terapeutico por dois anos antes da realização da cirurgia.

Portanto, se não existe nenhum risco grave e emergente associado à obesidade mórbida, deve ser tentado o tratamento terapeutico (com palestras, acompanhamento psicológico, etc), pois essa é a técnica médica adequada, segundo o CFM.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# janaina 04-06-2012 16:01
Preciso de ajuda, a unimed não quer cubrir minha cirurgia bariatrica, tenho imcmaior que 35 e comorbidades como diabetes, acido urico , hipotireoidismo , mas infeliemnte fui usuaria de drogas, graças a Deus esta fase ja passou estou super bem , mas eles alegam dependente quimica, como rsolver?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 18-06-2012 09:52
Janaina,

Para poder te dar uma resposta precisa precisaria analisar os documentos, mas o plano de saúde somente poderia recusar o tratamento se não fosse clinicamente indicado.

Do contrário, estando preenchidos os requisitos exigidos pela Lei e existindo prescrição médica para a cirurgia, acredito que ela não poderia ser negada.

Procure um advogaod de sua confiança para que, analisando os documentos, ele possa sugerir o melhor caminho a ser seguido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# SANDRA LIMA 13-06-2012 16:44
Dr. Bruno

Fiz o plano de saude unimed pela qualicorp. Fui indicada por 2 médicos para fazer a bariátrica. Passei pela triagem da unimed, mas agora me disseram que terei que retificar minha declaração de saúde, uma vez que o corretor colocou 65kg e na verdade tinha 100kg. Como proceder? Assino a retificação? Há riscos de negarem minha cirurgia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 18-06-2012 09:54
Sandra,

Este pedido de retificação certamente será utilizado para negar a cirurgia sob a alegação de preexistência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# MARIA DE JESUS 14-06-2012 15:43
Dr.Bruno
Meu palo Saúde Medicol está protelando a liberação da minha cirurgia bariátrica, estou ha mais de 2 anos em tratamento exigidos pelo plano, a documentação toda aceita por eles, passaran-se 0s 21 dias úteis para a auditoria responder e autorizar,só que eles não me dizem nada,como devo proceder?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-06-2012 17:28
Maria de Jesus,

Uma resolução da ANS determina que as respostas aos pedidos dos consumidores devam ser dadas em, no máximo, 30 dias (dependendo do caso).

Desta forma, acredito que você deva fazer uma reclamação junto à ANS e, caso não resolva, procure o Juizado Especial de sua cidade.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Jozi 16-06-2012 11:37
Ola Bruno, tenho plano de saude santa casa de bh, ha mais de 5 anos quando fiz o plano eu não era obesa mas hoje eu estou com obesidade grau III tenho 1,62 de altura e peso 130 kilos, estou com muito sono e tenho muitas dores nas costas e nas pernas, quando eu iniciei o tratamento era de 1 ano para ser aprovado a cirugia mas quero saber se isso e obrigatorio porque quando eu começei a fazer era de 1 ano,o que eu faço ja não aguento mais. Obrigadoooo
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 18-06-2012 09:57
Jozi,

Esse tratamento clínico prévio é o indicado apra a maioria dos casos, segundo o Conselho Federal de Medicina.

No entanto ele não pode ser entendido como obrigatório se as condições do paciente indicam urgência na cirurgia ou riscos atrelados a esta demora. Nestes casos, entendo que o que deve ser feito é seguir a orientação passada pelo médico responsável.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Clovis 19-06-2012 20:05
Boa noite Bruno.

Tenho 41 anos e entrei no meu plano a 21 meses, e tinha na época IMC = 35 (se não me engano) e ja tinha pressão alta.

Atualmente tenho IMC 42, pressão alta, esteatose hepática e intolerância a glicose.

Gostaria de saber se a minha obedsidade mórbida atual pode ser consifderada doença pré-existente.

Dei entrada na semana passada no pedido de cirurgia com todos os laudos, exames, etc.

Hoje recebi a informação que foi negado e que tenho que ir pessoalmente ao escritório do plano para solicitar o envio de uma careta para minha residencia com o motivo da negativa, e que essa carta demora 5 dias para chegar.

Tenho a cirurgia marcada para dia 04/07 por motivos profissionais (férias) e gostaria de saber, se necessário for entrar com um pedido de liminar, qual o tempo médio de deferimento desse pedido e quais os passos a serem realiozados. Obrigado
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-06-2012 17:32
Clovis,

De acordo com o IMC que informou, a obesidade mórbida não pode ser considerada doença preexistente.

Sobre o prazo para conseguir a liminar, isso depende de vários fatores como secretaria, local e juiz responsáveis pelo processo, documentos e argumentação apresentados, de forma que é difícil te dar uma previsão.

O essencial, nesta hora, é que você esteja sendo acompanhado por um advogado que efetivamente conheça da matéria e do seu caso para evitar problemas.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ana Carolina de Arau 25-06-2012 00:27
Ola
Me chamo Ana Carolina, fiz todo o processo para fazer a cirurgia bariatrica, passei por todos os medicos, mais mesmo assima unimed negou o meu pedido alegando que pela as normas da ANS eu não posso me operar pq não tenho 5 anos de obesidade e nem 2 anos de tramento. Meu médico me recomendou a bariatrica pq tenho problema de pressão alta,a minha insulina mesmo em jejum está alta e tenho uma quantia preocupante de gordura no figado.Gostaria de saber se tem alguma forma de conseguir essa liberação, pq vamos combinar eu ter que ter 5 anos de obesidade e fazer tratamento por dois anos já tendo todos essas doenças relacionadas a obesidade é práticamento cometer suicidio.Por favor me indique o caminho correto que eu devo seguir. Tenho 1,58 de altura meu peso é 98 quilos. Meu IMC é de 39,9. Como faço para conseguir essa liberação??? Por favor entre em contato comigo por email: carolzinhalepek
Desde já mto obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-06-2012 18:29
Ana Carolina,

Entendo que a indicação do médico, principalmente em razão dos riscos para a saúde/vida do paciente, deve prevalecer sobre estas outras recomendações. Como você mesma disse, não seria lógico correr o risco do paciente piorar ou ter outras complicações.

Se estão negando administrativam ente, o caminho seria buscar essa autorização através de processo judicial.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Pamela 21-12-2012 15:08
ola, estou com o mesmo problema que vc, vc conseguiu realizar o procedimento??abraços
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rogério 16-07-2012 13:44
Olá Bruno, minha mãe tem 69 anos, com vários problemas de saúde devido ao peso. A Unimed Nova Iguaçu (ela possui o convênio a aproximadamente 22 anos) indeferiu seu pedido de Cirurgia Bariátrica devido sua idade, mas todos os exames foram realizados e indicados a cirurgia por todos os especialistas, inclusive pela perícia da Unimed Nova Iguaçu. O médico que realizaria a cirurgia nos informou que mesmo que ganhássemos na justiça ele não poderia realizar a cirurgia, pois poderia ser descredenciado. Gostaríamos de saber se a alegação do convênio procede e qual o caminho deveríamos tomar.

Desde já agradeço.
Um abraço,
Rogério Duarte (rdsbeira@hotma il.com)
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 19-07-2012 10:27
Bom dia Rogério, tudo bem?

Se existe recomendação médica (inclusive da perícia da própria Unimed) o plano não pode negar, pois é o médico quem tem condições técnicas para avaliar todos os aspectos da cirurgia, inclusive os riscos em razão da idade avançada.

Desta forma, se não conseguir solucionar o caso administrativam ente, sugiro que procure um advogado especialista no assunto para evitar que esta absurda negativa prejudique a saúde de sua mãe.

Um abraço,
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# ERICA MARTINS NAVARR 18-07-2012 16:08
Olá, gostaria de saber se posso fazer a cirurgia de redução de estomago, possuo IMC 37, porém tenho pressão alta, refluxo e agora descobri a esteatose hepatica grau 2. Será que meu convenio me libera, possuo Medial Pleno 2. Grata pela atenção!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 19-07-2012 10:28
Érica,

Depende, basicamente, de dois fatores:

1. Se existe recomendação médica para a cirurgia.
2. Se você não se encontra no período de carência do plano.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Julia 24-07-2012 22:15
Oi Bruno! Boa noite. Sabe me dizer se o laudo que o cirurgião pede pra gente operar é obrigatório ou facultativo? Grata, Julia.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 26-07-2012 12:00
Julia,

Que laudo seria esse? O de risco cirúrgico? Este é obrigatório sim.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# willians 28-07-2012 00:02
ola fui hoje na preeventiva da unimede
para ver se iria dar para eu operar
meu (Imc e de 47)
falaram que eu tenho tudo para operar ,mais que nao podeia por que eu nao tenho um acampanhamento medio de 2 anos
o que devo fazer ??
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 03-08-2012 09:33
Willians,

Esse acompanhamento de 2 anos é uma recomendação da ANS e do CFM, sendo que deve ser seguida quando não existem complicações que possam causar risco à saúde do paciente.

Desta forma, o que determina, na minha opinião, a necessidade ou não do cumprimento destes 2 anos é o relatório médico.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Jéssica 30-07-2012 14:32
Boa tarde , eu estou classificada como "obesidade" (IMC 34); (1m e 64cm; 83k)quais seriam as possibilidades de fazer uma cirurgia bariátrica pelo plano , meu plano é empresarial sem carência.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 03-08-2012 09:45
Jéssica,

Depende se existe ou não recomendação médica para tanto, lembrando que esta indicação não pode ser para fins estéticos apenas.

Como sua obesidade é leve (grau I), não há, em tese, recomendação médica para a cirurgia, devendo ela ser tratada de forma terapêutica, a não ser que exista alguma complicação ou outro fato a indicar a cirurgia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# daniel gidiel 31-07-2012 19:22
Boa noite Bruno Lemos!
estou com uma hérnia de disco aguda,e meu plano de saúde está na carencia e eles negaram o meu encaminhamento de cirurgia,tenho esse plano à 3 meses e precizo dessa cirurgia urgente é um plano empresarial a cirurgia custa R$4.000,00 tem algunha maneira de eu precionar o plano?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 03-08-2012 09:48
Daniel,

Se o seu plano contar com mais de 30 associados, não pode ser cobrada carência.

Fora desta situação, só se ficasse caracterizada situação de urgência ou emergência (risco imediato e iminente à vida) pelo médico.

Não sendo nenhuma destas hipóteses, a carência terá que ser respeitada.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# erica 02-08-2012 15:28
oi,bruno meu marido tem um plano pela firma de 3 anos a parti de quando eu posso ter direito eu sou obesa mórbida tenho 1,64 de altura e 130 kg será que o plano dele cobri minha bariatrica
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 03-08-2012 09:51
Erica,

Se existe indicação médica para realização da cirurgia (o que, provavelmente, é o caso), o plano deve cobri-la sim, vez que a bariátrica é de cobertura obrigatória e você já teria cumprido eventual carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Maria Bernadete Rodr 03-08-2012 15:02
Boa tarde!
mudei de plano de saude há 6 meses onde a corretora disse comprou minha carência e não me pediu nenhum exame antes do contrato.
Dei entrada na bariatrica mas me foi negada por doença preexistente,o que eu devo fazer?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-08-2012 14:24
Maria Bernadete,

Você tem algum documento comprovando a compra da carência? Caso positivo, é só utilizá-lo.

Caso não tenha, o seu plano antigo era individual ou familiar? A mudança foi realizada através da -portabilidade?

De qualquer forma, o ônus de comprovação de condições preexistentes é da operadora.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# cristiane ferreira 07-08-2012 19:48
quero saber sobre minha cirurgia do dia 19 de março de 2013
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bethy Oliveira 10-08-2012 02:30
Oi Bruno ! Tenho 38 anos,peso 140 kg, pressão alta, diabetes, em meio a tantos planos de saúde
, qual seria mais recomendado pra se fazer essa cirurgia, eu vi um plano bem baratinho mas não sei se cobre cirurgias, no que é que eu tenho que estar atenta alem dos dois anos de carencia ??
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-08-2012 14:31
Bethy,

O mais importante seria verificar qual é a rede credenciada do plano, se ela é composta por bons hospitais e médicos.

Além disso, é importante contratar um plano sólido, pois existem vários planos pequenos que cobram um valor de mensalidade muito baixo e, no final, não conseguem cumprir as obrigações assumidas.

Nestas horas, é importante não se prender apenas ao preço, mas também levar em conta (e muito) a qualidade dos serviços ofertados.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Géssica 23-08-2012 01:04
Olá Bruno parabéns pelo seu excelente trabalho. tenho 26 anos ,125 kg 1.65 de altura meu ICMS é 42. tenho o plano de saúde sulamerica particular a 6 meses. n meu contrato a seguradora colocou q eu tinha 85 sendo que hoje eu estou com 125, fui ao médico ele me informou que sem sombra de duvidas tenho q me submeter a cirurgia bariátrica, corre o risco do plano não autorizar a cirurgia? quais procedimentos devo tomar caso seja negado o pedido de minha cirurgia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-08-2012 14:33
Obrigado Géssica!

Risco sempre existe, mas se o plano não fez os exames no momento da contratação, qualquer alegação de preexistência será, a princípio, indevida.

O jeito é fazer o pedido e aguardar a resposta.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Nadia 24-08-2012 13:59
Oi Bruno,parabéns pelo seu excelente trabalho. Sou do RJ,tenho 37 anos,108 kg 1.65 de altura. tenho há 2 anos o plano de saúde Intermédica(col etivo por adesão)e gostaria de saber se esse tipo de plano cobre bariátrica e se serei obrigada à assistir palestras demoradas,mesmo que eu ja tenha feito acompanhamento médico por mais de 2 anos?Posso me negar? Por favor me responda, preciso de ajuda!!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 24-08-2012 14:36
Muito obrigado Nadia!

A cobertura da bariátrica é obrigatória para todo plano, então o seu certamente deve cobrir.

Quanto ao tratamento prévio, se você já vem fazendo a mais de dois anos, não tem porque te imporem fazer tudo novamente.

Contudo, se estas palestras forem educativas, com o intuito de ajudar o paciente em sua reeducação alimentar, sugiro que compareça, pois este é um fato muito importante para a qualidade de vida após a realização da cirurgia.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Rafaella 28-08-2012 14:25
Boa tarde!
Estou na luta para fazer a cirurgia bariatrica, meu plano foi feito em outubro de 2011 e acho que compraram a carência da medial, meu plano é plano empresa. A primeira vez foi negado e achei que fosse por causa de um laudo errado e agora na segunda descobri que a corretora colocou minha altura e peso errados( mentiu), colocou 65k. Rsrsrrs... O que faço estou em pânico!
Será que se eu ligar na ANS, ele me ajudam?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 18-09-2012 12:05
Rafaella,

Se foi comprada a carência, não podem negar sua cirurgia sob a alegação de ddoença preexistente.

Verifique, ainda, se sua empresa possui mais de 30 segurados, pois, neste caso, não existe carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# kamilla 03-09-2012 14:33
boa tarde!
ja venho em busca da cirurgia a mais de 3 anos tentei pela unimed me negaram,cancele i o plano.entrei na fila do sus e ainda nada.e agora tenho plano amil a dois ou 3 meses.tenho 1,67 alt.112 kg.imc 40.oque devo fazer para consequir a cirurgia pela amil?o plano é no nome do meu irmao.se possivel responder no meu .email obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 18-09-2012 12:07
Kamilla,

Seu plano é individual? No contrato existe alguma previsão de compra ou desconsideração da carência?

Pergunto isso porque, se não tiver sido dispensada/comprada a carência, você terá que aguardar o prazo de carência para realizar a cirurgia pela Amil, a não ser que se trata de uma situação de urgência ou emergência, o que não parece ser o caso.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Fabiane 12-09-2012 13:56
Oi Bruno?
Boa tarde! Me chamo e Fabiane,e gostaria que tirasse minha dúvida.Nas minhas gravides dei muitas estrias e com o tempo engordei muito e tive que passar por um tratamento para reduzir meu peso. Eu pesava 100 quilos, e fiz um tratamento particular de balão estomacal na redução de peso, e perdi 35 quilos. Fiquei com muito excesso de pele, e para piora dei um tipo de bactéria nas estrias que começa como uma espinha e almenta de tamanho, inflamando e vindo à fúria, não consigo por roupas justa e nem calças porque grudam nas feridas e doem muito, elas levam mais ou menos sete dias para secarem, procurei uma infectologista e ela me disse que terei que retirar o excesso de pele para que diminuísse as estrias e parasse de inflamarem. Será que meu plano Bradesco saúde libera esta cirurgia?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 18-09-2012 12:09
Fabiane,

Como é uma cirurgia cujo foco não é estético, eles devem liberar sim.

É importante, apenas, verificar o prazo de carência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Fabiane 20-09-2012 01:23
Obrigada bruno! sua resposta foi de muita ajuda.Irei procurar imediatamente meus direito.E parabéns por tira nossas dúvidas.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Cintia 18-09-2012 20:08
Olá Boa Noite

Tenho um convenio empresarial, dei entrada na documentação da gastroplastia em julho, peridao para passar em perícia com a Endocrinologist a médica do trabalho onde mostrei todos os exames e laudos, não tinha nenhuma irregularidade que pudesse negar, mas ai me encaminharam pro Rh onde passei com a Gerente de carteira corporativa e como não tinha nenhuma irregularidade disse que o local que eu trabalho fornece um programa novo de acompanhamento de casos especiais onde teria que ser avaliada psicologicament e e poderia demorar 6 meses, isso procede uma vez que ja passei com todos os meus médicos que inclusive são da rede credenciada. Essa parceria com o plano de saúde pode existir, é legal, uma vez que já fiz todo tratamento, não quero tratar com outra psicologa, se passaram 2 meses e não tive resposta do convenio, falam que esta em analise esperando o aval da perícia, enrolando isso sim...o que devo fazer

Muito Obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 20-09-2012 10:23
Cintia,

Existe uma recomendação médica (não é lei, apenas recomendação) de que seja tentado tratamento terapêutico por, ao menos, dois anos antes da realização da cirurgia.

Se você já fez este tratamento antes ou se existem comorbidades que indicam a necessidade da cirurgia agora, seu pedido não pode ser negado.

Neste caso, também não podem te obrigar a fazer mais 6 meses de acompanhamento psicológico.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Aline 24-09-2012 23:11
Olá,
A carência do Bradesco Saúde por Adesão está especificada como por 180 dias (06 meses) no máximo PARA TODOS OS PROCEDIMENTOS dentro da área de saúde, EXCETO doenças pré-existente, a qual sua carência são de 24 meses.
Pois bem; se uma pessoa aderir à esse mesmo plano com o contrato informando 34 de IMC e em 3 ou 4 meses o IMC do segurado subir para 39/40 com complicações referentes à obesidade (como amnorréia, apnéia do sono, respiração incompleta, dor de coluna, etc), com a prévia liberação médica, e ainda assim o plano não liberar devido à CARÊNCIA dos 180 dias, ou alegar que no ato do contrato o segurado já estava com doença pré-existente, negando a cirurgia.
Como proceder?

Que fique aqui registrado minha admiração à este maravilhoso serviço. Deus abençõe!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 12:49
Aline,

Neste caso não se trataria de doença preexistente, mas teria que ser aguardado o prazo de carência de 180 dias, a não ser que exista algum risco imediato à vida que caracterize uma urgência ou emergência.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Neusa 27-09-2012 13:56
Oie...Me cahamo Neusa.
Tenho convênio com a unimed a mais de 2 anos,tenho meu imc de 42,0 pesso 122 kilos, faz 10 mêses que já estou passando por avaliações e acompanhamentos médicos, por indicação dos meus médicos para fazer a cirurgia bariatrica...Sou hipertensa e tenho a sindrome da apnéia do sono e problemas já até em caminhar pelo exesso de peso.Estou com todos os laudos de endocrino, psicologa,cirur gião, cardiologista, nutricionista e clínico todos me derem o laudo com a indicação cirurgica, fiz a perícia na unimed e me pediram agora um relatório do mapeamento do meu peso dos ultimos dois anos.E não consegui o que devo fazer já que fui indicada a cirurgia pelo meus problemas de saúde.Atenciosamente espero a resposta.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 12:51
Neusa,

Esse relatório é exigido como recomendação médica para casos com menor risco, sem complicações.

Quando o quandro do paciente apresenta risco à sua saúde por outras complicações (como parece ser o seu caso), o procedimento não pode ser negado sob esta alegação.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Aline 29-09-2012 11:19
Neusa, sei que a pergunta é para o Dr. Bruno, mas achei um ABSURDO eles recusarem. Essa coisa da ANS sobre os 02 anos de tratamento alternativo é apenas uma IDEIA, se vc tiver problemas de saúde, eles não podem se recusar a te operar (ainda mais com indicação médico de vários profissionais). Isso não existe!
Se eu fosse você já estaria correndo atrás de resolver isso judicialmente. Boa sorte!
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 12:52
Aline,

Você está certa, não se trata de uma exigência absoluta, mas sim de uma recomendação médica para os casos que não apresentem risco imediato à saúde.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# diana 11-10-2012 14:12
Estou sendo muito prejudicada,pel a falta de respeito e informação, ja registrei a reclamação junto a ans,referente a data para minha cirurgia bariatrica.... dei entrada com toda documentação necessaria para cirugia no dia 30/08/2012... dia 20/09 foi liberada a cirugia por eles, pois bem desde então tento agendar ou saber a data para cirurgia que já deveria sido feita desdo dia 01/10/2012 , sendo que a guia tem vencimento dia 21/10/2012,gostaria de uma resposta sobre isso, pois estou dentro dos paramentros clinicos e legais para esse procedimento cirurgico , onde a resolução normativa 1942 / 2.010 me garante o direito a cirurgia, esta demora tem me causado prejuidos emocionais e financeiros ,pois trabalho por conta propria sem saber data não tenho como dar andamento na minha vida profissional.....minha pergunta eh?quer dizer se vence a guia eles podem fika trocando e gando tempo? enquanto isso eu morro ?desde ja obrigada
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 13:08
Diana,

A Resolução Normativa nº 259 da ANS determina prazo máximo para a realização de procedimentos médicos.

Desobedecidos estes prazos, pode-se requerer judicialmente a autorização para realização do procedimento.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Erika 19-10-2012 13:21
Boa tarde, Dr Bruno. Em 2010 eu adquiri o plano da Unimed vinculado a minha empresa e fiquei cerca de 1 ano. Como fiquei desempregada não tive como continuar com o plano e também na época eu não pensava em faze a cirurgia bariátrica porque meu IMC não estava no limite e não tinha nenhuma doença associativa. Agora meu IMC é extamente de 40 e estou com problemas na coluna e em um dos joelhos. Tenho 4 meses de plano da Unimed e o médico afirmou que o plano não vai aceitar que eu faça a cirurgia só daqui a 2 anos. Eu tenho como recorrer até porque eu tinha o plano anteriormente e não posso aguardar esse tempo todo devido as dores que me impossibitam até de fazer alguma atividade física? Obrigada.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 13:12
Erika,

O prazo de carência cumprido no plano anterior não pode ser utilizado porque ele foi cancelado por você.

O que é preciso saber no seu caso é se existe algum risco associado às comorbidades que caracterizem urgência ou emergência.

Tirando este caso, acredito que seria difícil conseguir realizar a operação antes da carência.

Outro ponto é que o tratamento para obesidade pode ser negado em razão de sua preexistência, mas se as comorbidades surgiram depois que você já tinha o plano, o prazo de carência para tratamento destas seria diferente.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# LETICIA 23-10-2012 19:36
BOA NOITE
ESTOU A 6 MESES FAZENDO EXAMES POIS MEU MEDICO ME INDICOU PARA CIRURUGIA BARIATRICA SÓ QUE QUANDO FIZ A PERICIA ESTAVA COM IMC 39.66 E DAI NEGARAO. HOJE JA ESTOU COM IMC 40.1 SERÁ QUE POSSO PEDIR OUTRA PERICIA?
O PLANO SAÚDE BRADESCO PODE NEGAR MINHA CIRURGIA? SE NEGAR O QUE DEVO FAZER?
OBRIGADA
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 13:13
Leticia,

Sim, o agravamento de sua condição lhe dá o direito de fazer a cirurgia, desde que existe recomendação médica neste sentido.

Se negarem, a solução seria entrar com pedido judicial para que fosse autorido.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Silvia 23-10-2012 21:05
Olá, estou vivendo uma ansiedade e angustia a cada dia até o término dos exames, tenho receio da Unimed (Canoas - RS) não autorizar a cirúrgia na perícia, meu IMC é de 38,9, possuo hernia de hiato que apareceu na endoscopia, e uma cirúrgia já realizada no joelho esquerdo de ligamento cruzado em decorrência do peso, os exames de sangue, eletrocardiogra ma estão todos muito bons, para tanto por não ter apresentado estes "tais problemas comuns" nos exames tenho receio, assim como o IMC não ser igual ou maior do que 40. Mas estou fazendo todos os exames com uma equipe de profissionais com encaminhamento do cirurgia, Dr. Renato Souza da Silva, caso a Unimed não aprove existe a chance de eu conseguir judicialmente? Já estou com meu plano há 1 ano 5 meses e o mesmo não possui carência, pois é UNIMAX.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Bruno Lemos 08-11-2012 13:18
Silvia,

Se existe recomendação médica para realização da cirurgia em razão das comorbidades, entendo que o plano não possa negá-la.

Se isso ocorrer, recorra ao judiciário.

Um abraço,
Bruno Lemos
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Patrícia Lemos 27-10-2012 17:39
Eu tenho gordura no figado, pressão alta, IMC 43,00 mais ainda n terminou a carência para que eu possa fazer a cirurgia, meu plano e UNIMED você tem alguma sugestão de como posso conseguir autorização para fazer, pensei em pagar os messes que falta para completar a carência negociando com a Unimed caso ela negue, o que vc acha.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# lannyy 17-11-2012 22:04
ola bruno tudo bem ?
entao tenho 165,altura e peso 106,900
imc38,9
e to a luta de emagrescer a 6 anos e nada dde perder peso perdo e volto e to com serios problemas de saude presçao alta,diabetes respiraçao ruim coraçaos pontadas .,e meu convenio e sulamerica produto 592 plano basico e pela empresa do meu marido tem 5 anos e meioa q temos sera que eles podem cubri a cirlugia bariatrica , e como fasço pra conseguir \\\\\\\/::? grato
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# fabiana vicente 25-11-2012 16:56
Boa tarde tenho 33 anos peso114 1.58e altura 45. ICM sou dependente do plano da firma do meu marido JA faz 2 anos será que posso fazer a bariatrica ?me ajude fico no aguardo
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# danielle 26-11-2012 19:09
Olá Bruno!!tenho 1,64 e peso 105kg,ja fiz todos meus exames para a cirurgia bariátrica,tenh o todos os laudos e relatórios solicitados,mai s estou com medo do meu pedido ser negado sera que corro esse risco?minha perícia sera no dia 27 de dezembro 2012...meu plano é o plaserv por isso quero saber....
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Pamela 21-12-2012 14:37
Boa tarde Dr. Bruno, estou com o mesmo problema que os demais, tenho 1,59 mts, e 103 kg, porém quando fui a endocrinologist a estava com 98,5 e meu imc deu 39,mais hoje meu imc já passa de 40, o plano me negou a cirurgia, e a responsável pela pericia me disse que tenho que esperar 05 anos com este peso, pois são regras da ANS, e que nem que eu chega-se com 120 kg amanhã lá ela iria me autorizar a cirurgia, e argumentei que não seria possível ficar assim por tanto tempo, pois tenho histórico familiar de problemas de coração e diabetes, sendo que minha taxa depois do exame de glicose deu 120, já fora do normal, além de dor nas articulações, apneia do sono, entre outros,meu plano é o São Bernardo, estou com todos os exames prontos só faltou o plano autorizar, o que devo fazer?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Ana Paula 16-01-2013 15:02
Boa tarde Bruno, estou no msm caso que muitos acima, quando fiz o plano de saude pela sulamerica, eu estava com uns 88k tenho 1,70, estava obesa, mais nao morbida, isso foi em julho e minha vigencia passou a ser em agosto de 2012, em outubro começei os exames, nunca imaginei ter apneia do sono grave, sabia que roncava mais achei q era so isso.Tb acusou no exame, esteatose hepatica, alguns deu pre diabetes outros naum. Meu plano é empresa com 5 vidas, eh minha empresa.Encaminhei toda a documentação ontem, e estou na expectativa, junto encaminhei uma curva de peso de 2 anos, e um receituaria medico, indicando que em abril de 2012 eu estava fazendo uso de medicamento controlado para emagrecer para tentar comprovar que realmente eu estava pesando os 88k, minha carencia terminou em dezembro, a pergunta é, sera que eles irão negar?
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# JULICEIA 03-02-2013 17:49
olá boa tarde
dr. bruno lemos!
moro em curitiba meu esposo tem o plano empresarial amil blue 300 ,tenho 38 anos ,peso 90 kg,1,53m estou no grauII de obesidade ,gostaria de saber se o plano de saude é obrigado a cobrir esta cirurgia .
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Roselane 01-03-2013 16:59
ola boa tarde
ola gostaria de saber como proceder em relação ao meu plano de saude .tenho imc de 38 com comorbidade fui indicada a cirurgia bariatrica fiz todos os exames inclusive o relatorio medico de tratamento de 2 anos, mas meu plano me negou alegando que não tenho a doença a 5 anos.
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# Talita Ribeiro Lemos 21-04-2013 18:58
olá eu fiz a cirurgia dia 14/02 mas o plano não cobriu o medico só o hospital tive que pagar o valor de R$ 8000,00 e o medico me informou que o convenio só reembolsa R$ 1500,00 será que se eu entrar como uma ação judicial eu consigo ter o reembolso de valor totoal
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# NUBIA 22-05-2013 10:31
Bom dia a todos, minha mãe está na mesma condição que muitos como foi anteriormente supracitados. Ela tem 1,56 de altura com IMC 50. Tem: hérnia de hiato, problema de estômago,polips e,apnéia do sono grave, é hiper tensa e está no limite do diabetes. A cirurgia da minha mãe está marcada desde 02/04/13 para 23/05/13 e no dia 20/05 ficamos sabendo q faltava alguns relatórios e a perícia para o procedimento sendo q isso é praxe marcar.Bom fiz todas as correria e conseguir após muita briga e uma denúncia na ANS consegui a perícia para 24 antes da cirurgia pois o restante da documentação foi entregue. Não desistam vale a pena tentar até o fim é pela saúde e não por estética. este é o meu apelo a todos lutem......
Responder | Responder com citação | Citar
 
 
# cheila 06-06-2013 15:49
boa tarde eu tenho unimed ha 8 meses sendo que minha carencia para cirurgia no contrato eh de 6 meses pois bem,tenho 164 altura 127 kilos imc 159 ja fiz todos os exames peguei laudos e cartas com os especialistas para a realizaçao da bariatrica.pois bem me tratei enfim so que agora meu medico dr marcello nao quer pedira minha cirurgia porque eu ainda nao tenho 24 meses de plano.gastei um dinheirao com consultas viagens enfim pra agora o dr nao querer pedir a minha cirurgia.eu acho que os medicos devem ganhar uma grana alto pra operar so que ja tem 24 meses de plano.eu pergunto i agora?to sem saude i vou ter que esperar um ano i meio pra faser tudo dinovo eh muito cruel.minha unimed eh rio.obrigado.
Responder | Responder com citação | Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar